Futebol - ( )

Paolo Guerrero ganha elogios por reagir bem após momento negativo

Chapecó (SC)

Após mais de três meses sem fazer gol, Paolo Guerrero marcou uma vez em cada um dos últimos dois jogos do Corinthians. Após um período machucado e outro no banco, o peruano ganhou nova chance de Mano Menezes e foi elogiado pelo chefe por conta da reação ao momento de dificuldade.

“Antes de tudo, o importante é o trabalho do jogador. Você pode fazer tudo o que está ao seu alcance, mas, se ele não entende isso, não adianta. E ele teve um comportamento exemplar”, disse o gaúcho, o segundo treinador alvinegro a aprovar com louvor a atitude do camisa 9 – Tite o fazia ainda mais efusivamente.

Guerrero continua distante de sua melhor forma técnica, mas a luta é algo que dificilmente não marca em suas atuações. Em um jogo brigado como o da noite de domingo, contra a Chapecoense, em Santa Catarina, ele brigou muito, errou, trocou agressões com um zagueiro e fez o gol da vitória por 1 a 0.

Divulgação/Agência Corinthians
Guerrero brigou muito com os zagueiros da Chapecoense até ter a sua chance (foto: Daniel Augusto Jr.)
“É o único centroavante que temos. É importante em um jogo como esse um homem de força física. Ele participa de forma forte, intensa, e uma hora a bola sobra para ele, como sobrou. E ele teve a facilidade de fazer”, comentou Mano, sem planos de devolvê-lo ao banco de reservas.

“Ele voltou bem. Por isso, a ideia é de manutenção. Contra o Atlético-MG (empate por 0 a 0 na primeira rodada do Brasileiro, em Minas), sobrou uma bola parecida, e ele não faz. Mas a gente teve confiança, e a dedicação dele continua fazendo a gente dar essa confiança”, concluiu o treinador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade