Futebol/ Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Para ganhar confiança, Dão quer vencer clássico 'sem levar gols'

Salvador (BA)

Contestado depois de falhar na primeira fase da Copa do Nordeste e no empate em 2 a 2 contra o Atlético Paranaense na segunda rodada do Campeonato Brasileiro, o zagueiro Dão quer dar a volta por cima e conquistar a confiança da torcida do Vitória. E conseguiu dar o primeiro passo quando teve bom desempenho no triunfo contra o até então líder Fluminense. No entanto, o teste principal é o clássico contra o Bahia, neste domingo, e a meta é não levar gols.

O defensor de 29 anos conseguiu equilibrar a zaga que parou o quarteto ofensivo do Tricolor Carioca, formado por Conca, Wagner, Rafael Sóbis e Fred. E isso pode ser um fator decisivo para sua manutenção no time titular, que enfrentará o arquirrival Bahia, neste domingo, às 18h30, na Arena Fonte Nova.

Para Dão, uma boa partida no próximo duelo será de extrema importância para apagar suas más atuações neste ano: “Vamos trabalhar para corrigir os nossos erros. É um jogo para tirar o peso sobre mim. Sabemos da grandeza da defesa, mas não é só a defesa. Quando leva um gol, leva o time todo. Vamos fazer o possível para conseguir a vitória sem levar gols”.

O jogador ainda aproveitou para sair em defesa de seu companheiro de posição, que também passou por maus momentos em 2014, o zagueiro Rodrigo Defendi: “A gente sabe que é difícil, a pressão é grande. Ele não caiu aqui de paraquedas. Ele está dando a volta por cima. Se domingo ele estiver escalado, como eu, vamos dar o máximo para ajudar o Vitória”.

Com quatro pontos, o Vitória é o atual 11º primeiro colocado no Brasileirão e o mando de campo no clássico será do Bahia.

Divulgação/Vitória
Com Dão (ao fundo) jogando bem, setor defensivo do Vitória ganhou fôlego na vitória sobre o Fluminense no último sábado

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade