Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Perto da Copa, Blatter se sente como “ator antes de entrar no palco"

Genebra (Suíça)

Com a Copa do Mundo se aproximando, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirmou não estar nervoso ou preocupado com os atrasos no Brasil. O dirigente está, na verdade, ansioso, assim como um ator em dia de espetáculo.

“Eu não estou estressado, mas um pouco nervoso, como se fosse um ator antes de entrar no palco. Minha programação nos próximos dias tem primeiro a questão de Israel com a Palestina. Em seguida, viajarei para São Paulo”, disse em entrevista ao jornal suíço Le Temps.

Os atrasos com as obras para o Mundial não dão dor de cabeça a Blatter. Experiente, o presidente da Fifa diz que já enfrentou problemas maiores. “Esta é a minha décima Copa do Mundo, e sempre aparecem as mesmas preocupações três semanas antes do início da competição. Na Itália, um dia antes do apito inicial estávamos fixando cadeiras no estádio. No Brasil, tudo está pronto, os estádios têm sido usados”.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade