Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Por "centenário popular", palmeirenses pedem ingressos a R$ 10,00

São Paulo (SP)

O Palmeiras, fundado como Palestra Itália em 1914, comemora seu 100º aniversário no dia 26 de agosto. Batizada como #CentenarioPopular, uma campanha iniciada por torcedores do clube nas redes sociais pede setores com ingressos a R$ 10,00 nas partidas como mandante.

No último jogo do Palmeiras dentro de casa, diante do Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro, a entrada mais barata no Pacaembu custou R$ 40,00, para o setor do tobogã. Já o bilhete mais caro, para as cadeiras azuis, valeu R$ 250,00.

Aumentar o número de adeptos do programa de sócio-torcedor do Palmeiras é uma das prioridades da gestão encabeçada pelo presidente Paulo Nobre. Indiretamente, os preços praticados atualmente funcionam para tornar o chamado “Avanti” mais atrativo aos fãs.

Irritados com a saída do centroavante Alan Kardec, assediado pelo São Paulo, alguns palmeirenses ameaçaram abandonar o programa de sócio-torcedor do Palmeiras nesta semana. A medida seria uma forma de atingir Paulo Nobre, responsabilizado por parte dos torcedores pela perda do artilheiro.

Acervo/Gazeta Press
Pela Internet, torcedores do Palmeiras pedem ingressos a R$ 10,00 por um centenário popular nos estádios em 2014
A proposta da campanha batizada como #CentenarioPopular é, com ingressos de arquibancada e tobogã a R$10,00, aumentar o público nos estádios no ano do 100º aniversário do Palmeiras. O próximo jogo do clube dentro de casa será realizado no dia 10 de maio, contra o Goiás, no Pacaembu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade