Futebol/Série B - ( - Atualizado )

Portuguesa toma virada do Náutico e segue em situação delicada

São Lourenço da Mata (PE)

A Portuguesa continua sem vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. O time rubro-verde chegou a sair na frente do Náutico na noite desta terça-feira, mas tomou a virada por 2 a 1 nos minutos finais e deixou a Arena Pernambuco em situação ainda mais comprometedora no torneio nacional.

Com uma campanha de quatro derrotas e dois empates, a Portuguesa aparece na penúltima colocação da tabela. Na próxima rodada, a equipe enfrenta o Atlético-GO. Já o Náutico chega aos pontos e figura no sétimo lugar. O time pernambucano volta a campo para pegar o Paraná.

No primeiro jogo após a saída do técnico Argel Fucks, a Portuguesa, sob o comando do interino Gérson Sodré, abriu o placar em uma cobrança de pênalti de Romão. No entanto, o Náutico, dirigido pelo também estrante Sidney Moraes, passou a ditar o ritmo da partida após sofrer o gol e virou através de William Alves e Vinícius.

O Jogo - A Portuguesa aproveitou a apatia do Náutico no começo da partida e abriu o placar logo aos seis minutos. Diante da hesitação de Flávio, Rudnei partiu para a bola e sofreu um pênalti grosseiro do goleiro Alessandro. Romão cobrou com precisão e colocou a Lusa e vantagem.

O Náutico melhorou após sofrer o gol e passou a dominar as ações, chegando com perigo aos 28 minutos do primeiro tempo. Posicionado do lado direito do gramado, Vinícius cruzou para Flávio que, completamente livre dentro da área, completou para fora do gol.

Aos 33 minutos, Marcelinho recebeu um cartão amarelo depois de se jogar dentro da área na tentativa de cavar um pênalti. A Portuguesa, por sua vez, não conseguiu levar perigo novamente ao gol defendido por Alessandro até o fim do primeiro.

O Náutico manteve o domínio das ações na etapa complementar e assustou logo aos seis minutos, quando Leleu chutou para boa defesa de Glédson. Aos 12, o mesmo Leleu cobrou escanteio do lado direito, William Alves subiu mais alto e cabeceou para as redes.

Três minutos depois, Wagner completou cruzamento de Gabriel Xavier com sucesso, mas a arbitragem marcou impedimento e anulou o gol da Portuguesa. Aos 41, Leleu acionou Careca, que tirou o goleiro e cruzou da direita para cabeça certeira de Vinícius.

Após marcar o segundo gol, o Náutico soube como se defender nos minutos finais e manteve o placar inalterado até o apito final. Abatidos pela virada nos minutos finais, os jogadores da Portuguesa deixaram rapidamente o gramado da Arena Pernambuco sem conceder entrevistas.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade