Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Preocupado com sequência no Brasileiro, Valdivia clama por reforços

Yan Resende, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Principal nome do elenco do Palmeiras, o chileno Valdivia já mostrou bastante preocupação com relação ao futuro da equipe na Série A do Campeonato Brasileiro. Sem o atacante Alan Kardec, que deixou o clube do Palestra Itália e assinou com o rival São Paulo, o camisa 10 prevê muitas dificuldades na sequência da competição, não demorando a pedir reforços de peso à diretoria alviverde.

“A diretoria está ciente disso, agora mais do que nunca, era uma peça importante, titular. Agora tenho certeza que a diretoria vai correr atrás de contratações novas, até porque o Campeonato Brasileiro é muito longo”, disse o chileno, que já havia clamado pela permanência de Alan Kardec e Wesley antes mesmo do desfecho da negociação do atacante.

Sem contar com Kardec na última rodada, Valdivia foi obrigado a jogar mais adiantado, sendo usado por Gilson Kleina como referência no ataque. O camisa 10, porém, não aprovou a mudança, que também não rendeu bons resultados dentro de campo. Apático e sem criatividade, o Palmeiras foi derrotado pelo Fluminense, por 1 a 0, no estádio do Pacaembu.

Fernando Dantas/Gazeta Press
O chileno Valdivia já mostrou bastante preocupação com relação ao futuro da equipe na Série A do Brasileiro
Na saída de campo, ainda sem saber o destino de Kardec, o meia chileno voltou a pedir para a diretoria renovar com o atacante, e acabou não sendo atendido. Agora, Valdivia espera que a gestão de Paulo Nobre corra atrás de um nome de peso para substituir o antigo camisa 14, que, de acordo com o Mago, fez por merecer para ser tão valorizado por Palmeiras e São Paulo ao longo dos últimos dias.

“Tem que contratar um atacante à altura dele (Kardec), isso é claro. Às vezes, o futebol faz com que você tenha uma surpresa. Como o Paulo (Nobre) falou, o Kardec estava encostado no Benfica, mas tinha um nome no Brasil, fez por merecer tudo o que envolveu o seu nome nesta semana. Ele faz a diferença, é o matador, faz gol”, completou Valdivia, preocupado com o desempenho do Palmeiras.

O primeiro teste do time de Gilson Kleina após a polêmica de Kardec será o próximo domingo, quando o Verdão visita o Flamengo, às 16 horas (de Brasília), no estádio do Maracanã. Nos treinamentos até então, o treinador não deu pistas sobre como escalará a equipe alviverde, avisando apenas que não utilizará o esquema tático deste início de temporada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade