Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Questionado sobre investigações, Felipão diz: “Querem tirar meu foco”

São Paulo (SP)

O técnico da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari, está sendo investigado por sonegação fiscal na época em que ainda dirigia Portugal. Questionado sobre o assunto pela Revista Época, o comandante verde e amarelo negou que esteja preocupado com os desdobramentos do caso. “Estou tranquilo. Não tem problema algum, está tudo dentro da normalidade”. Ele garante que não vai se abalar até o fim da Copa do Mundo, que começa no próximo dia 12 de junho.

Scolari é investigado por sonegação de impostos e lavagem de dinheiro. O inquérito ainda está em andamento e não há denuncia formal contra o treinador. De acordo com o Fisco português, ele declarou ter recebido apenas 255 mil euros entre 2003 e 2008, mas duas as empresas Chaterella e Flamboyant amealharam 7,4 milhões de euros pela venda de diretos de imagem de Felipão.

“Algumas coisas vêm acontecendo que poderiam me tirar da normalidade. Vejo que têm cunho interesseiro. Continuo fazendo o que tenho que fazer: cuidar da seleção e estar feliz com o grupo com o qual trabalho. Nada nem ninguém ou qualquer situação que possa acontecer me tirará essa condição. Vou receber os jogadores, abraçá-los, vou estar com eles, trabalhar com alegria. E quando tiver que tomar uma atitude diferente, mais tarde, eu tomarei. No momento, esse é meu foco”, disse.

AFP
Técnico da Seleção Brasileira é investigado por sonegação fiscal e lavagem de dinheiro, mas garante inocência

Felipão, no entanto, admitiu estar chateado com a repercussão do caso. Principalmente no que diz respeito à sua família e filhos. “Não nasci para ser Jesus Cristo. Não nasci para dar o ouro lado da minha face. É só o que eu digo”, declarou.

Durante a entrevista, ele mostrou-se preocupado em enfatizar que os problemas com a Justiça não afetarão seu desempenho durante a disputa da Copa do Mundo. “Se isso é segredo de Justiça, como pode estar exposto dessa forma? Porque é uma maldade. Não tem nada. Não estou preocupado. Não vão tirar minha alegria”, finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade