Futebol/ Copa do Mundo 2014 - ( - Atualizado )

Rivellino vê “demora” de Ronaldo em críticas à organização da Copa

Vítor Dalseno, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Tricampeão com a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1970, no México, o atual comentarista de futebol Roberto Rivellino demonstrou preocupação com os atrasos das obras no Brasil para o Mundial deste ano, mas criticou o ex-atacante Ronaldo, que na semana passada se disse envergonhado pelos problemas na organização do evento.

“Ele demorou, né? Eu também (estou envergonhado). Você vê que o povo brasileiro está com um pé atrás, esperando o que vai acontecer. Antigamente, as ruas já estariam todas floridas de verde e amarelo, com bandeiras. Quando o Brasil foi escolhido (como sede), há sete anos, ninguém reclamou, todo mundo abraçou”, disse Rivellino nesta quinta-feira, durante o lançamento da exposição da Taça da Copa, no Shopping Metrô Itaquera.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Rivellino está decepcionado com a falta de empolgação da torcida brasileira com a Copa.

O ídolo da torcida corintiana também questionou a postura política de Ronaldo, que, apesar de ser membro do COL (Comitê Organizador Local), declarou publicamente apoio a Aécio Neves, candidato do oposicionista PSDB, nas eleições presidenciais de outubro.

“Acho que o momento não era esse, o momento é de Copa do Mundo. Mas ele também tem o direito dele. É maior de idade, pode falar o que quiser”, disse.

Mesmo acreditando que o Brasil pode fazer um “grande Mundial”, Rivellino acha que o país já perdeu a oportunidade de mostrar ao mundo, a partir da Copa, “sua cara e seu valor”.

“Essa é a única coisa que me entristece. Deveria estar tudo pronto, para que entrassem e falassem: ‘Meu Deus, que maravilha! O brasileiro realmente sabe fazer as coisas’. O Brasil perdeu esse momento”, lamentou.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade