Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Santos e Grêmio jogam mal, empatam sem gols e levam vaias da torcida

Santos (SP)

O mau momento do Santos e o abatimento do Grêmio pela eliminação na Libertadores foi visível em campo neste sábado. Na Vila Belmiro, as duas equipes fizeram uma partida equilibrada, disputada, mas tecnicamente fraca, com poucos lances de emoção e muitos erros de lado a lado. O placar só poderia mesmo acabar em 0 a 0.

O Grêmio foi para a Vila com a proposta de marcar forte o Santos e sair nos contragolpes, e executou bem a tarefa no primeiro tempo. Na etapa final o Peixe tentou forçar um pouco mais, mas esbarrou na falta de qualidade nas definições, deixando o placar em branco.

O empate foi o terceiro do Santos em três jogos no Brasileiro. O Grêmio, por sua vez, foi para 4 pontos na tabela O Peixe volta a campo na quarta, pela Copa do Brasil, quando visitará o Princesa do Solimões na abertura da segunda fase. Já o time gaúcho descansa durante o meio de semana e volta a campo pelo Brasileiro no domingo que vem, fora de casa, diante da Chapecoense.

O jogo – O primeiro tempo na Vila Belmiro foi equilibrado. O Grêmio marcou bem, impedindo o Peixe de jogar, mas pecou na definição das jogadas, a maioria delas criadas através de contragolpes causados por erros santistas. Aos quatro minutos, a melhor chance da etapa inicial: Dudu fez grande jogada, invadiu a área do Santos a dribles, mas chutou para fora, cara a cara com Aranha.

O Peixe só foi levar perigo aos 14 minutos: Alan Santos cruzou, Jubal cabeceou e Marcelo Grohe se esticou para mandar a escanteio. Aos 22, Thiago Ribeiro levou perigo em chute de fora da área. O Grêmio respondeu em chute fraco de Riveros, aos 26. Dez minutos mais tarde, após erro de Emerson, Barcos puxou contragolpe em três contra um, mas o ataque gremista se atrapalhou e perdeu a chance de concluir.

O Grêmio seguiu melhor no segundo tempo. Aos 5 minutos, Rodriguinho recebeu de Pará e chutou por cima, com perigo. Dois minutos mais tarde, Barcos quase fez de cabeça ao desviar escanteio batido do lado esquerdo. O Santos respondeu aos 13, com Leandro Damião tentando aos trancos e barrancos vencer a marcação gremista dentro da área. Seu arremate bateu na zaga e saiu.

Damião saiu aos 14, Geuvânio entrou em seu lugar e o Santos cresceu no jogo. Aos 23, Marcelo Grohe saiu mal após escanteio e Alan Santos pegou de primeira, raspando o poste. No minuto seguinte, Emerson pegou de primeira um rebote da zaga do Grêmio, mas a bola desviou na defesa gaúcha e saiu. Aos 39, Arouca arriscou de fora da área, Marcelo Grohe deu golpe de vista e a bola quase acertou o ângulo. Aos 43, Geuvânio chutou por cima após boa jogada de Lucas Lima.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade