Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Sem birra: Muricy explica que cobra Ganso "para melhorá-lo"

Rio de Janeiro (RJ)

A exemplo do que vinha ocorrendo desde que passou metade de um jogo no banco, Paulo Henrique Ganso foi, neste domingo, mais uma vez muito importante para o São Paulo, anotando os gols da vitória por 2 a 0 sobre o Flamengo. Ao final do jogo no Maracanã, Muricy Ramalho disse que, apesar de o meia ter ficado insatisfeito com aquela reserva momentânea, tem procurado apenas fazer o melhor para ele e para todo o time.

"Eu sei que, às vezes, o jogador não gosta quando você chama para conversar. Mas estou fazendo isso para melhorá-lo só. Melhorando ele, melhoro meu time. Tomo atitudes que algumas pessoas não entendem, mas tenho experiência e quero colaborar. E acho que ele está melhorando", disse.

De fato, uma das principais cobranças do treinador é a de que o camisa 10 se apresente mais à área ofensiva, região do campo em que estava neste domingo quando anotou os dois gols (um em cada tempo), após passes dos atacantes Osvaldo e Luis Fabiano, respectivamente.

"Hoje em dia, a dinâmica do jogo é muito grande. Tem que pôr isso na cabeça. Hoje (domingo), ele saiu do lado, o que ele não faz geralmente. Se ele fizer isso, passa a ser realmente um jogador diferente. Mas, se ele ficar no setor em que colocam um volante em cima dele...", comentou.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net
Treinador são-paulino chegou a tirar a titularidade do meia, que vem respondendo à cobrança ultimamente
A declaração de Muricy serve como nova justificativa a Ganso, que externou seu descontentamento no dia em que foi barrado. No começo do mês, começou a partida contra o Coritiba no banco, do qual só saiu no segundo tempo para dar o passe do gol de empate, anotado por Ademilson. Depois do apito final, discordou do esquema tático sem nenhum armador de ofício e incomodou o treinador, que o desafiou a jogar bem quando fosse titular.

O desafio tem sido vencido pelo jogador, que deu nova assistência (para o zagueiro Lucão) no compromisso seguinte, a vitória sobre o CRB, na Copa do Brasil. "Muitos reclamam (quando me expresso), e a responsabilidade aumenta. Não sou de me esconder. Já conquistei muito na carreira, apesar da pouca idade. Procuro mostrar que sou um excelente jogador, um baita jogador dentro de campo", explicou-se.

Na terceira partida consecutiva como titular, o terceiro passe consecutivo para gol ajudou Luis Fabiano a impedir a derrota para o Corinthians. Por fim, uma semana depois, Ganso foi ainda mais decisivo marcando dois gols contra o Flamengo. Porém, avisou a todos: "Fazer dois gols é sempre muito bom, mas a sensação de dar um passe e deixar meu companheiro na cara do gol é melhor".

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade