Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Sem Carlitos Tévez, Argentina divulga lista de 30 pré-convocados

Buenos Aires (Argentina)

Nesta segunda-feira, a Argentina divulgou a lista com os 30 pré-convocados para disputarem a Copa do Mundo no Brasil, sem a presença de Carlitos Tévez, ídolo do Corinthians e do Boca Juniors. Na Argentina, torcedores clamavam pela presença do atacante, mas não foram atendidos por Alejandro Sabella. Destaque para Lionel Messi, do Barcelona, grande destaque da lista.

Os 23 nomes definitivos serão divulgados no dia 2 de junho. Além de Messi, seu companheiro de clube Javier Mascherano, Ángel Di María e Gonzalo Higuaín, ambos do Real Madrid, têm seus passaportes carimbados para o Brasil.

Banco no Monaco, o goleiro Sergio Romero é o mais contestado da lista dos convocados. Grande parte da torcida questiona a insistência de Sabella no arqueiro. Além dele, Mariano Andújar, do Catania, e Augustin Orion, do Boca, completam os donos das traves.

A Argentina está no grupo F, ao lado de Bósnia-Hezergovina, Irã e Nigéria, e tem sua estreia marcada para o dia 15 de junho, no Maracanã, às 19 horas (de Brasília), diante dos europeus.

AFP
Tévez não está na lista da Argentina
Confira a lista dos 30 pré-convocados da seleção argentina:

Goleiros: Sergio Romero (Monaco), Mariano Andújar (Catania) e Agustín Orion (Boca Juniors)

Defensores: Ezequiel Garay (Benfica), Federico Fernández (Napoli) , Pablo Zabaleta (Manchester City), Marcos Rojo (Sporting), José María Basanta (Monterrey), Hugo Campagaro (Napoli), Nicolás Otamendi (Atlético), Martín Demichelis (Manchester City), Gabriel Mercado (River Plate), Lisandro López (Getafe)

Meio-campistas: Javier Fernando Gago (Boca Juniors), Lucas Biglia (Lazio), Javier Mascherano (Barcelona), Ever Banega (Newell's Old Boys), Angel Di María (Real Madrid), Maximiliano Rodríguez (Newell's Old Boys), Ricardo Alvarez (Inter de Milão), Augusto Fernández (Celta), Enzo Pérez (Benfica), José Sosa (Atlético de Madri) e Fabián Rinaudo (Catania)

Atacantes: Sergio Agüero (Manchester City), Lionel Messi (Barcelona), Gonzalo Higuaín (Napoli), Ezequiel Lavezzi (Paris Saint-Germain), Rodrigo Palacio (Inter de Milão), Di Santo (Werder Bremen)

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade