Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Sem excursão durante a Copa, Corinthians planeja ações para turistas

Vítor Dalseno, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

O Corinthians planejava excursionar durante a pausa do calendário do futebol brasileiro para a Copa do Mundo, mas teve seus planos frustrados. Nesta quarta-feira, durante o Praticom (Encontro Cásper Líbero de Práticas de Comunicação), realizado no Teatro da Faculdade Cásper Líbero, o gerente de marketing do clube, Alexandre Ferreira, explicou que a burocracia impediu o agendamento de amistosos nos Emirados Árabes e na China, destinos pretendidos pelos corintianos.

“O Corinthians aceitou todas as condições da negociação, da logística ao cachê, mas infelizmente eles (estrangeiros) não conseguiram organizar, porque existe uma burocracia muito grande. No caso dos Emirados, eles queriam divulgar Abu Dhabi como destino turístico do Brasil, mas aí o secretário de turismo saiu do cargo, ninguém ocupou e não deu mais tempo. Na China, o governo interfere em praticamente tudo, e não foi possível viabilizar o lado deles”, disse Ferreira, em entrevista exclusiva à GazetaEsportiva.net.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Ex-aluno da Faculdade Cásper Líbero, Alexandre Ferreira falou sobre o marketing do Corinthians em sua palestra
Possivelmente ofuscado pelo “monopólio” que a Copa do Mundo exercerá nos veículos de comunicação, o Corinthians já definiu ações alternativas para reforçar sua marca com os estrangeiros que virão ao Brasil.

“O que a gente deve fazer é trabalhar o clube como destino turístico para que vem de fora. Para quem vem para São Paulo e quer conhecer o Corinthians, a gente programou uma ação, (que inclui) visitas ao memorial, conhecer o clube, conhecer o marco de inauguração no Bom Retiro. As outras coisas a gente vai fazer mais de oportunidade, serão ações pontuais”, completou.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade