Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Sem novo zagueiro em vista, Muricy confia em Lucão até a Copa

Tossiro Neto São Paulo (SP)

A prioridade do São Paulo, depois de fechado o negócio com Alan Kardec, é a contratação de um zagueiro. A exemplo da diretoria, no entanto, o técnico Muricy Ramalho disse nesta sexta-feira que não há nenhum nome em vista para ser opção a Rodrigo Caio Antônio Carlos e mostrou confiança no garoto Lucas Silva, de 18 anos, até a chegada de um novo reforço.

"Acho que isso vai acontecer mesmo só depois da Copa do Mundo, porque não dá para errar na contratação. Tem que ter muita calma. É claro que é um setor que preocupa, porque a gente tem um jogador na reserva. No ano passado, tivemos problemas sérios quando perdemos mais de um zagueiro de uma vez. O Brasileiro é um campeonato muito longo, tem que ter reposição", disse.

"O Lucão é um jogador que está melhorando muito, e isso nos dá tranquilidade para ficar até a Copa do Mundo da mesma maneira. A não ser que apareça um grande negócio, como foi com o Kardec. Não estava previsto, foi muito rápido. Pode acontecer, não só nessa posição", continuou.

Ao citar apenas Lucão como opção para a dupla de zaga titular, Muricy indica que o garoto poderá ser o titular na próxima quarta-feira, quando a equipe recebe o CRB, pela Copa do Brasil, sem poder contar com Rodrigo Caio (expulso no jogo de ida, em Maceió) e Paulo Miranda (lesionado). Além do garoto, o elenco conta com Edson Silva.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Além do garoto de 18 anos, elenco conta neste momento com Edson Silva; Paulo Miranda está lesionado
Uma boa alternativa seria Rafael Toloi, emprestado até o meio do ano à Roma, porém a equipe italiana tem opção de comprá-lo em definitivo. Outro que pode pintar em breve é Breno, que cumpre em regime semiaberto sua pena na Alemanha e poderá retornar no próximo mês, segundo Ataíde Gil Guerreiro, vice-presidente de futebol. O problema é que, apesar de ter acerto com o São Paulo, o beque não seria um reforço imediato.

De acordo com o presidente Carlos Miguel Aidar, as finanças do não estão confortáveis. O clube, que recentemente recebeu adiantamento de R$ 50 milhões de cota televisa (referente até 2018), acabará de comprometê-las ao pagar 4,5 milhões de euros (quase R$ 14 milhões) ao comprar Alan Kardec, que pertence ao Benfica e está emprestado ao Palmeiras.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade