Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Sport tenta corrigir as falhas nas jogadas aéreas

Recife (PE)

Quem olha o resultado de 2 a 0 para o Cruzeiro frente ao Sport, em pleno Mineirão, pode até pensar que a Raposa não teve dificuldades para abater o Leão da Ilha do Retiro. Porém, o placar do jogo não reflete plenamente o que aconteceu durante os noventa minutos. O Sport jogou bem, enfrentou o atual campeão brasileiro com coragem, mas perdeu a partida nas jogadas aéreas.

O time mineiro construiu a vitória usando uma de suas estratégias mais eficazes: os cruzamentos na área adversária. O Sport, que até então não havia levado gols de cabeça no Campeonato Brasileiro Série A, não conseguiu resistir e levou logo dois de uma só vez.

No dia em que Magrão completou 500 jogos defendendo o rubro-negro pernambucano, pouco pode fazer para evitar a derrota – a segunda da equipe na competição. Apesar de não pontuar na última partida que o Mineirão sediou antes da Copa, o Sport segue com uma campanha melhor fora do que dentro de casa, conquistando quatro dos sete pontos somados até agora (o que equivale a 57% dos pontos conquistados).

Mesmo perdendo o jogo, o Sport foi valente e não abdicou de buscar o ataque. O time teve 49% da posse de bola e finalizou 14 vezes contra a meta cruzeirense, seis delas com Neto Baiano. Essa estatística alta, por parte do centroavante, não é surpresa, já que os cinco gols do Sport no Campeonato foram marcados de dentro da área.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade