Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Superintendente diz que “falta qualidade técnica” ao Figueirense

Florianopolis (SC)

O Figueirense é o único clube que ainda não marcou nenhum ponto no Campeonato Brasileiro. Amargando a lanterna, a crise que o time enfrenta parece não ter saída. Para completar, corre o risco de ser eliminado na Copa do Brasil após perder o jogo de ida para o Bragantino.

Rodrigo Pastana, superintendente de esportes do clube, diz que o time busca uma solução em novas contratações. Com uma zona de rebaixamento formada por times catarinense, o Brasileiro mostra que o Estadual não serviu de parâmetro. Pastana admitiu até que falta qualidade técnica à equipe.

“A prioridade é trazer reforços para o time. Esta semana vamos fazer uma reunião com o treinador para definir nomes. Não dá para esperar a parada para a Copa para contratar”, afirmou, em entrevista ao Diário Catarinense.

Após a demissão do técnico Vinicius Eutrópio, Pastana virou alvo de protesto dos torcedores. Mesmo com a sequência negativa do novo treinador Guto Ferreira, o dirigente acredita que foi uma boa escolha: “Guto está fazendo a parte dele, mas os resultados não vêm porque falta qualidade ao elenco. Mas o grupo está assimilando bem as orientações dele”.

Após derrota contra o Santos, o Figueirense se reapresenta nesta terça, às 15h30, no Centro de Formação e Treinamento do Cambirela, em Palhoça.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade