Futebol - ( - Atualizado )

Técnico do Timão saca Renato Augusto, mas acha “cedo” para descartá-lo

Marcos Guedes São Paulo (SP)

As últimas partidas do Corinthians abalaram a percepção de que Renato Augusto é um atleta frágil de muita qualidade, que joga muito quando o corpo lhe permite. Fisicamente bem, o meia está atuando mal, motivo pelo qual foi sacado do time por Mano Menezes.

Decidido a firmar a equipe no 4-4-2, o treinador preferiu Petros na partida contra o Sport, na Ilha do Retiro, por ser esse jogador alguém que marca melhor e tem uma boa capacidade de transição para o contra-ataque. É possível que Renato volte nos jogos seguintes, em São Paulo, com maior necessidade de criação com posse de bola.

“O Renato não tem problema nenhum. Está tendo tratamento como qualquer outro jogador para tudo. É muito cedo para falar que não conseguiu isso ou aquilo. Temos dois ou três jogos (desde que ele retornou de lesão no joelho direito). É bem provável que inicie o jogo ou entre”, disse Mano, fingindo não ter a escalação decidida.

Divulgação/Agência Corinthians
Embora sem lesão, Renato Augusto não está em seu momento mais confortável (foto: Daniel Augusto Jr.)
O camisa 8 será mesmo reserva em Pernambuco, no confronto de domingo. Porém o treinador não vê motivo para que se tirem grandes conclusões a partir dessa escolha, uma vez que a equipe do Corinthians vem sendo constantemente modificada em busca da melhor formação.

“Não mudou nada em relação ao Renato. Se fosse assim, teríamos que analisar o Romarinho, que ficou dois jogos fora, ou o Luciano, que há poucos dias era titular e vinha fazendo gols e agora está esperando um pouco para entrar. Vale para todos os jogadores, não tem nada de especial”, concluiu Mano.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade