Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Tudo poderia ter sido mais profissional, diz Jayme após demissão

Rio de Janeiro (RJ)

Na noite desta segunda-feira, a diretoria do Flamengo anunciou a saída de Jayme de Almeida do comando técnico da equipe. O treinador já havia exposto sua chateação por não ter sido comunicado sobre os rumores de que Ney Franco saiu do Vitória por estar acertado com o Rubro-Negro do Rio de Janeiro. Agora sem clube, Jayme acredita que “tudo poderia ter sido tratado de maneira mais profissional”.

Para ele, a postura da diretoria poderia ter sido mais madura. “Obviamente não gostei como as coisas foram conduzidas, principalmente pela relação próxima e, acima de tudo, bem franca que eu sempre tive com todos ligados ao futebol. Só fui receber uma ligação às 18h30 para me comunicar o que todos já sabiam. É inadmissível que uma coisa dessas aconteça em pleno 2014”, afirmou.

Divulgação
Longe do Flamengo, Jayme de Almeida ainda não sabe se assumirá outra equipe em breve (Foto: Ideallize AC)

Pego de surpresa, o treinador acredita que o trabalho no Flamengo ainda poderia dar mais frutos. “Infelizmente o futebol é feito única e exclusivamente de resultado imediato. Passado e futuro não são levados em consideração. Conquistamos um título da importância da Copa do Brasil, mesmo sendo encarados como um dos piores times entre os finalistas. E aí, perde-se um clássico e todo o trabalho é jogado fora”, lamentou, relembrando o jogo contra o Fluminense, no último domingo, quando a sua ex-equipe foi derrotada por 2 a 0, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. “Vai demorar para esse tipo de pensamento mudar”.

Jayme de Almeida afirmou que ainda não sabe o que fará no futuro. “Só penso em descansar. Já sei que alguns clubes entraram em contato com meu empresário quando começaram as notícias, o que me deixa muito feliz, mas só vou penar nisso mais para frente”, finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade