Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Valdivia faz último jogo pré-Copa e espera só sair por “grana boa”

William Correia São Paulo (SP)

Valdivia não estará em campo na quarta-feira para ajudar o Palmeiras a vencer o Sampaio Corrêa na busca por vaga na terceira fase da Copa do Brasil. O jogador mais caro do elenco já ficará à disposição da seleção chilena para a Copa do Mundo e espera voltar, a não ser que seja por um valor interessante ao clube.

“Se eu for vendido, espero que seja por uma grana boa para que não falem que o custo-benefício não deu certo”, disse o meia depois de atuar durante toda a partida na vitória por 2 a 0 sobre o Goiás, neste sábado, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro.

“Vou para a seleção e, na volta, não espero nada diferente do que construímos até agora. Foi lindo e positivo, só não teve o final feliz que gostaríamos que era o título paulista. Mas, na minha volta, espero que esteja o mesmo clima de agora”, comentou o camisa 10.

Fernando Dantas/Gazeta Press
O meia Jorge Valdivia atuou durante os 90 minutos da partida e forçou o cartão amarelo no final do jogo
Valdivia já não atuou na derrota por 2 a 1 para o Sampaio Corrêa, no Maranhão, alegando incômodo muscular. Gilson Kleina foi alertado de sobrecarga muscular do atleta que poupava até de treinos no gramado e pretendia usá-lo neste sábado, mas acabou demitido por conta do tropeço pela Copa do Brasil.

Existem rumores de que o futebol italiano deseja Valdivia, que custará R$ 36 milhões a serem pagos até 2016. O camisa 10 tem contrato até agosto de 2015 e a diretoria sabe que agora é a última chance de embolsar um valor interessante negociando-o para o exterior. Ele ficará fora dos seis próximos jogos do time.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade