Atletismo/Doping - ( - Atualizado )

Corte Arbitral do Esporte libera Asafa Powell para voltar a competir

Lausanne (Suíça)

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) liberou nesta quinta-feira Asafa Powell, ex-recordista mundial dos 100m rasos e campeão olímpico, para voltar a competir. Além dele, Sherone Simpson também teve seu retorno autorizado. Ambos os jamaicanos foram suspensos por doping, mas apelaram na instância máxima do esporte, podendo disputar provas normalmente até os dias 7 e 8 de julho, data do julgamento.

Isso habilita os atletas a disputar o Campeonato Jamaicano, que serve de qualificatório para os Jogos da Comunidade Britânica, em Glasgow, na Escócia.

“Os atletas estão livres para competir a partir de agora, mas podem ter que cumprir o resto da pena caso a sanção seja confirmada pela CAS. Os dois atletas apresentaram suas apelações com relação à decisão do painel da Comissão Antidoping da Jamaica dos dias 8 e 10 de abril deste ano, quando ambos foram suspensos por 18 meses, a partir de 21 de junho de 2013. Os dois atletas alegam que não se tratou de infração grave e pedem a diminuição da punição para três meses”, diz o comunicado da Corte Arbitral do Esporte.

Em junho do ano passado, os velocistas testaram positivo para oxilofrina, um estimulante, na seletiva jamaicana para o Mundial de Atletismo. Ambos apontam o técnico canadense Christopher Xuereb como culpado pelo doping.