Copa do Mundo 2014/ Costa Rica - ( - Atualizado )

Acosta deve substituir Duarte no jogo contra a Holanda

Recife (PE)

A expulsão do zagueiro Óscar Duarte na partida contra a Grécia, no último domingo, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, obriga o técnico da Costa Rica, Jorge Luis Pinto, a fazer uma alteração no time que vem sendo a sensação do Mundial. O favorito a conquistar a vaga na defesa, que tem a missão de parar Robben e Van Persie no próximo sábado, pelas quartas de final, é Johnny Acosta.

Acosta é o que tem a maior chance, já que o outro candidato, o zagueiro Roy Miller, está contundido. A Federação Costarriquenha de Futebol avisou na noite de domingo o problema com Miller: “A distensão na perna esquerda impossibilita Roy Miller de defender a seleção da Costa Rica e fazer parte da equipe que vai enfrentar a Holanda nas quartas de final da Copa do Mundo, Brasil 2014”.

O possível futuro substituto de Duarte entrou no fim da partida contra a Grécia e foi seu primeiro jogo no Mundial deste ano.

Caso ocorra algum problema com um dos zagueiros costarriquenhos durante a decisão contra a Holanda, Pinto poderá utilizar Junior Diaz e Waylon Francis improvisados. Outra opção é José Miguel Cubero, que já atuou como zagueiro central em outras oportunidades.

AFP
Acosta entrou no fim da partida contra a Grécia e deve ser titular contra a Holanda