Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Alemanha e EUA se enfrentam por empate para avançarem às oitavas

São Lourenço da Mata (PE)

Alemanha e Estados Unidos chegam à terceira rodada bem perto de garantirem as vagas do Grupo G nas oitavas de final da Copa do Mundo. As duas seleções somam quatro pontos e um empate no confronto direto desta quinta-feira, às 13 horas (de Brasília), na Arena Pernambuco, em Recife, coloca os dois países na próxima fase. No outro jogo, Portugal e Gana ainda sonham com uma combinação de resultados para não amargarem uma eliminação precoce.

Com o cenário favorável para que as duas equipes confirmem a classificação às oitavas, as suspeitas com relação a um “jogo de comadres” entre Alemanha e Estados Unidos não demoraram a ser levantadas. Ainda assim, o próprio treinador de Portugal, Paulo Bento, que seria um dos maiores prejudicados com o empate, afirmou nesta semana que não acredita em uma combinação.

Para rechaçar esta possibilidade, o lateral Fabian Johnson usou como exemplo as Eliminatórias, quando os Estados Unidos poderiam eliminar o México, mas ainda assim venceram Panamá e colocaram o maior rival na repescagem. “Eu acho que isso não faz parte da nossa natureza. Todos do nosso time querem ganhar. Fizemos isso nas Eliminatórias contra o Panamá. Estamos em um Mundial e queremos ganhar todos os jogos”, garantiu o jogador, que é um dos cinco alemães naturalizados da seleção norte-americana.

AFP
Velhos amigos, Joachim Low e Jurgen Klinsmann rechaçam qualquer possibilidade de um jogo combinado
A partida desta quinta-feira também marca o reencontro de Jurgen Klinsmann com o seu país. Comandante na Copa de 2006 e um dos maiores jogadores da história da seleção alemã, o atual treinador dos Estados Unidos promete que sua equipe vai bater de frente com os germânicos. “Nós estamos nos preparando com muita determinação e estamos focados para conseguir isso. Queremos ser agressivos e realmente encarar a Alemanha”, projetou.

Depois de encantar na primeira rodada, a Alemanha não conseguiu repetir o bom desempenho no jogo seguinte, empatando com Gana em 2 a 2. Desta forma, o confronto com os Estados Unidos ganhou importância não só para garantir a vaga nas oitavas, mas também para que a equipe de Joachim Low volte a confirmar o seu favoritismo. Para evitar surpresas, o comandante alemão não quis sequer revelar a escalação que mandará a campo contra os norte-americanos.

A principal dúvida é com relação a Bastian Schweinsteiger, que, ainda sem estar na condição física ideal, atuou por cerca de 20 minutos na última rodada e pode pintar como novidade. “Todos os jogadores podem jogar. Khedira e Boateng saíram contra Gana, mas em dois dias já estavam bem e prontos para voltar. Por isso estão todos disponíveis. Já tomei minha decisão de como vamos começar, mas não quero me pronunciar sobre isso”, explicou Joachim Low.

FICHA TÉCNICA
ESTADOS UNIDOS X ALEMANHA

Local: Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata (PE)
Data: 26 de junho de 2014, quinta-feira
Horário: 13 horas (Brasília)
Árbitro: Ravshan Irmatov (Uzbequistão)
Assistentes: Abduxamidullo Rasulov (Uzbequistão) e Bakhadyr Kochkarov (Quirguistão)

ESTADOS UNIDOS: Howard; Johnson, Cameron, Besler e Beasley; Beckerman, Jone, Zusi, Bradley e Bedoya; Dempsey
Técnico: Jurgen Klinsmann

ALEMANHA: Neuer, Boateng, Mertesacker, Hummels e Höwedes; Lahm, Khedira e Kroos; Özil, Müller e Götze
Técnico: Joachim Low