Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Ao fazer história, técnico da Costa Rica agradece “justiça divina”

São Lourenço da Mata (PE)

Surpresa desde a primeira rodada da Copa do Mundo, a Costa Rica se classificou na primeira colocação de um grupo que tinha três campeões mundiais, e seguiu conquistando feitos impressionantes neste domingo. Nas oitavas, o time da América Central eliminou a Grécia nos pênaltis e assim chegou às quartas de final pela primeira vez em sua história. Entre os principais responsáveis, o treinador Jorge Luis Pinto dividiu os méritos com o restante da delegação.

“Sabemos que a Grécia é um grande adversário e não chegou aqui à toa. Fizeram um jogo duro e se defenderam muito bem. Sei que estou fazendo história, mas o mérito não é só meu. Divido com todos os jogadores e comissão técnica. O trabalho é de todos e esperamos continuar bem com ele”, avaliou o treinador costarriquenho, ainda emocionado após a disputa de pênaltis.

Depois de passar pelos favoritos Uruguai, Itália e Inglaterra, somando sete pontos nos três primeiros jogos, a seleção da América Central voltou a sofrer nas oitavas. Contra a Grécia, a Costa Rica abriu o placar, mas levou o gol de empate aos 45 minutos do segundo tempo. Com um jogador a menos, segurou o empate na prorrogação e foi garantir a classificação nos pênaltis.

AFP
O treinador Jorge Luis Pinto dividiu os méritos com o restante da delegação (Crédito: Ronaldo Schemidt)
A torcida brasileira que compareceu à Arena Pernambuco não teve dúvidas ao escolher a seleção preferida. Os ‘ticos’ receberam o apoio do público presente, gesto que resultou em um agradecimento especial do técnico Jorge Luis Pinto. O comandante costarriquenho também falou sobre “justiça divina”, já que seu time seria merecedor da vitória depois de tudo o que fez.

“Tenho que agradecer o apoio do povo brasileiro, a emoção e a entrega do nosso time. Dentro do campo, passamos por alguns riscos, mas tínhamos confiança desde o princípio. Sabíamos que merecíamos ganhar e eu acredito em justiça divina e esse merecimento foi premiado”, completou o treinador, que vai encarar a Holanda, no próximo sábado, pelas quartas de final.