Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Aos gritos de "pega", Felipão ensaia Willian no lugar de Oscar

Tossiro Neto Teresópolis (RJ)

A Seleção Brasileira fez nesta quinta-feira, na Granja Comary, seu último ensaio para o amistoso contra a Sérvia. Sem Oscar, liberado pela comissão técnica para acompanhar o nascimento da filha, Luiz Felipe Scolari armou o time com Willian no meio-campo. O zagueiro Thiago Silva e o volante Paulinho, poupados do duelo com o Panamá, também retornaram à escalação titular.

Contando mais uma vez com o preparador físico Anselmo Sbragia para completar a equipe adversária, os titulares treinaram com Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Willian; Hulk, Fred e Neymar. Apesar de ter sido mais curta do que o costume e não ter usado o campo inteiro, a atividade exigiu bastante dos jogadores.

Destaque na primeira semana de preparação, na condição de reserva, Willian recebeu atenção especial de Felipão. O treinador fez questão de pegar o meio-campista pelo braço e lhe mostrar qual deverá ser seu posicionamento na sexta-feira.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Grupo só foi aplaudido no momento em que o volante Paulinho conseguiu um bom desarme na meia esquerda
Aos gritos de "pega", Felipão também insistiu para que todo o time titular, que vestia colete vermelho, iniciasse a marcação na saída de bola adversária e nas cobranças de lateral. "Vermelho, faz pressão no lateral. Não pode sair, não pode sair", berrou. "Não pode sair, c... Marcar com os olhos, marco eu daqui", observou o treinador, ao notar que não vinha tendo seu pedido atendido.

Depois de gastar muito a voz, Felipão finalmente teve uma razão para aplaudir. Foi quando o volante Paulinho tomou uma bola, serviu Marcelo e viu o lateral conseguir um pênalti, por toque de mão de Maicon. O apito marcou o encerramento do coletivo, que não durou mais do que meia hora, terminou com um só gol de Neymar e deu lugar a um treinamento de bola parada.

O Brasil enfrenta a Sérvia às 16 horas (de Brasília) desta sexta-feira, no Morumbi, no último amistoso antes da estreia na Copa do Mundo. A delegação viaja ainda nesta tarde à capital paulista, onde possivelmente encontrará Oscar - o meia, no entanto, pode até ficar fora do amistoso, dependendo do decorrer do nascimento da filha no interior de São Paulo.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade