Copa do Mundo 2014/ Espanha - ( - Atualizado )

Após declarações de Xabi e conversa, Del Bosque nega crise espanhola

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

As declarações de Xabi Alonso sobre falta de vontade da Espanha após a derrota para o Chile, que decretou a desclassificação na Copa do Mundo 2014, não incomodaram o técnico Vicente Del Bosque, nem mesmo o grupo espanhol. Pelo menos é o que garante o treinador, que despistou ao falar sobre o tema de uma rápida conversa em particular com seu jogador antes do treino desta sexta-feira.

“Estivemos aqui concentrados com um ambiente fantástico, não tivemos nenhum problema. Creio que não ouve nenhum assunto para perturbar a convivência”, disse o ‘Míster’, que não quer justificar as derrotas com fatos extracampo. “Quando não encontramos desculpas no futebol, buscamos algo mais. Perdemos as partidas porque fomos inferiores aos rivais, e nada mais”, completou.

Del Bosque admite que dentro de uma concentração, com jogadores lutando por posições, pequenos atritos são inevitáveis, mas em Curitiba nenhum racha mais grave teria havido, nem mesmo com as declarações de Xabi. “Na convivência de 23 homens é impossível que não haja nenhum probleminha, somente onze entram, nem todos podem jogar”, afirmou.

Uma suposta quebra de confiança entre o treinador, que deixou seu futuro em aberto em um discurso com tom de despedida, e o grupo de atletas também foi negado e, até o final dessa jornada, a expectativa é de união. “Quando tínhamos que ser carinhosos no vestiário, éramos. Quando tinha que ser contundente também. Creio que estamos bem e nossa relação”, concluiu.

AFP
O técnico Vicente Del Bosque blindou o elenco espanhol ao falar que não tiveram problemas entre os jogadores