Futebol/Copa 2014 - ( )

Após duas decisões, Tabárez vê Uruguai “difícil para qualquer rival”

Natal (RN)

O Uruguai conseguiu espantar a desconfiança criada depois da derrota para a Costa Rica na estreia, venceu Itália e Inglaterra nos dois jogos seguintes pelo ‘grupo da morte’ e garantiu a vaga nas oitavas de final. Com a classificação, Oscar Tabárez acredita que sua seleção será respeitada por qualquer adversário, ainda que esteja longe do que o treinador considera o ideal.

“O ideal não existe, assim me contento em saber que cumprimos o objetivo. Confirmamos que somos uma equipe difícil para qualquer rival. Talvez isso não seja o bastante para vencer em alguns momentos, mas nós seguiremos tentando”, projetou o treinador uruguaio, que explicou o desempenho até o momento.

“Temos que pensar jogo a jogo, como temos feito até agora. Começamos nossa jornada com um resultado surpreendente, não porque não ganhamos bem de Costa Rica, mas porque projetávamos outra coisa. Conseguimos nos focar rapidamente nos rivais que viriam pela frente e agora precisamos fazer a mesma coisa”, acrescentou o comandante da seleção.

AFP
Oscar Tabárez acredita que sua seleção será respeitada por qualquer adversário a partir de agora
Nas oitavas de final, o Uruguai terá pela frente a Colômbia, que passou pelo Grupo C com 100% de aproveitamento, após vitórias sobre Grécia, Costa do Marfim e Japão. A força do adversário, no entanto, não assusta Tabárez, que recorda um dado peculiar de sua seleção: a Celeste Olímpica é a única equipe que vem encarando decisões desde a segunda rodada.

“A única equipe que vem jogando decisões desde a segunda rodada é o Uruguai, porque, se não ganhássemos estas partidas, estaríamos fora. Agora todos os que vão se classificar em primeiro ou segunda terão que fazer a mesma coisa. Neste nível de competição, a distância entre passar de fase e ir para casa é muito pequena”, concluiu Oscar Tabárez.

Com a classificação garantida, o Uruguai, que tenta vencer novamente a Copa do Mundo disputada no Brasil, volta ao palco da final da competição em 1950. Neste sábado, em um confronto sul-americano, a Celeste encara a Colômbia, às 17 horas (de Brasília), no Maracanã.