Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Após eliminação, De Rossi dispara: "Precisamos de homens, não estrelas"

Natal (RN)

Após a eliminação precoce na Copa do Mundo, o experiente Daniel De Rossi não poupou críticas ao comportamento da Azzurra. Na visão do volante, que desfalcou sua equipe contra o Uruguai com uma lesão na panturrilha direita, a seleção não precisa de “estrelas”.

“Nesse momento tão duro, é importante não procurar desculpas. Isso não vai adiantar nada. É necessário apenas corrigir os erros e buscar um recomeço. Nossa seleção precisa de homens e não de estrelas”, disparou.

O recado áspero pode ser interpretado como uma indireta para o atacante Mario Balotelli. O dianteiro, que marcou um gol no duelo inicial contra a Inglaterra, teve atuação apagada nos revezes seguintes e mostrou-se disperso durante os treinamentos em Mangaratiba-RJ, onde anunciou o futuro casamento com a modelo belga Fanny Neguesha.

Descontente, De Rossi ainda completou sua declaração enfática: “A seleção é uma coisa muito séria. Quem não se sente compromissado ou não tem a mesma paixão de outros, que fique em casa”, finalizou.

No Grupo D, foram classificadas Costa Rica (7) e Uruguai (6). Candidatas à “zebras” da chave, que possuía a Inglaterra além dos azzurras, as seleções americanas terão pela frente, nas oitavas de final, Grécia e Colômbia, respectivamente.

AFP
"Nossa seleção precisa de homens e não de estrelas”, disparou De Rossi, que não atuou contra o Uruguai