Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Após noite mal dormida, Sergio Ramos promete reação da Espanha

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Ainda de ressaca pela derrota massacrante por 5 a 1 na estreia da Copa do Mundo 2014, diante da Holanda, em Salvador, a Espanha teve que encarar logo na manhã de sábado mais uma entrevista coletiva no CT do Caju, em Curitiba. O clima entre os jornalistas espanhóis, diferentemente da euforia dos primeiros dias, era de desolação e irritação.

Do lado de fora do centro de treinamentos, desde as primeiras horas da manhã era fácil ouvir provocações dos carros que passavam. Gritos de Holanda, Robben e Brasil eram entoados com deboche pelos torcedores locais. Foi neste clima que o zagueiro Sergio Ramos, um dos mais experientes do grupo e um dos criticados por sua atuação diante da Laranja, falou sobre o momento delicado da La Roja, que tirou seu sono.

AFP
Sergio Ramos prometeu reação espanhola após goleada na estreia para a Holanda
“Foi dificil dormir, não dá para deixar de pensar. Mas no vestiário estávamos mais unidos do que nunca. Temos que nos motivar para o jogo contra o Chile. É um momento muito complicado. Nos últimos anos fomos campeões de praticamente tudo”, disse o defensor, dividindo a culpa com os companheiros. “Assumimos cada um a responsabilidade e a situação que temos dentro do grupo. Ninguém vai ganhar nada individualmente, somos um grupo”, completou.

A forte repercussão da derrota histórica, na visão do defensor, é explicada pela expectativa depositada sobre a Fúria, que vai se levantar e reagir para buscar a classificação. “Claro que se espera muito de nós, somos os campões do mundo, uma seleção que não está acostumada a perder. Sabemos a ilusão e o otimismo que tem nossa gente, nosso país. E somos nós que entramos em campo e nós temos que mostrar. Temos que ser mais fortes do que nunca. Lutar até o último minuto, até a última partida, e vamos para cima do Chile em busca desta vitória”, projetou.

Mandando uma mensagem de otimismo ao povo espanhol, Sergio Ramos avisa que a dor de todos será transformada em motivação em campo. “O carinho da torcida nós sentimos. Dentro do nosso país temos muita confiança. É importante para eles. Temos que falar para todo nosso pais que não foi a estreia esperada, também está nos doendo muito, mas isso vai nos motivar ainda mais. Temos que ter consciência de que o Mundial é muito dificil de ganhar e vamos seguir buscando”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade