Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Após vitória sofrida, Lahm enaltece argelinos: "São muito bons"

Porto Alegre (RS)

“Eles realmente são muito bons”. Essas foram as palavras de Philipp Lahm após a sofrida vitória da Alemanha diante da Argélia, por 2 a 1, com todos os gols marcados apenas na prorrogação. Segundo o capitão da seleção europeia, a boa atuação dos africanos não foi surpreendente, já que todos esperavam um bom futebol. Agora, o pensamento alemão se volta para a França, adversário das quartas de final da Copa do Mundo, que mais cedo bateu a Nigéria.

“Eu até estou relativamente contente, mesmo com todo o tempo que durou a partida. O importante era a vitória. Foi realmente muito sofrido, nós já tínhamos conversado sobre isso e sabíamos o que nos esperava”, analisou.

O capitão agora teme pelo desgaste de sua equipe, que volta a campo no próximo sábado. Além do esforço no tempo normal, o ritmo de jogo na prorrogação foi muito intenso. O volante Bastian Schweinsteiger, que não estava 100% fisicamente, jogou mais do que 90 minutos e acabou substituído no finalzinho, depois de ter fortes caibras.

“O ideal teria sido terminar tudo nos 90 minutos. Nós sabemos que tínhamos que recuar e nos manter concentrados. Eles se portaram muito bem e tivemos poucas oportunidades. Tentamos bolas aéreas, mas vimos uma organização excelente. Quando tivemos o domínio, aí o jogo virou a nosso favor”, finalizou.

Edu Andrade/Gazeta Press
Lahm admitiu que Alemanha encontrou severas dificuldades para vencer os argelinos nas oitavas