Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Atletas da Grécia elogiam Japão, mas não entregam possíveis mudanças

Aracajú (SE)

Na coletiva de imprensa da Grécia após o treino de terça-feira, antes de o clima entre jogadores e jornalistas gregos esquentar e a sessão ser interrompida, os atletas pregaram respeito ao time do Japão, próximo adversário da equipe.

“O time do Japão tem muita qualidade. Contam com atletas muito bons e sabemos que irão nos impor muita dificuldade. Por isso, precisamos trabalhar para melhorar nossas fraquezas e buscar essa vitória”, afirmou o zagueiro reserva Loukas Vyntra.

Entretanto, o goleiro reserva Panagiotis Glykos não quis adiantar quais mudanças serão feitas no time grego para a partida. Na estreia da Grécia na competição, a equipe foi derrotada por 3 a 0 pela Colômbia.

“O técnico é quem deve decidir isso. Acredito que haverá mudanças sim, mas porque cada jogo é uma partida diferente, e não somente porque jogamos mal. O Japão possui um estilo próprio de jogo”, explicou.

Após o início amistoso, a coletiva foi encerrada à medida que jornalistas gregos inusitadamente cobravam mais empenho na equipe, com afirmações, e não apenas perguntas. A imprensa local já havia acusado o time de “corpo mole” após a estreia, o que motivou a escalação de atletas reservas para encarar os repórteres.

AFP
Loukas Vyntra alertou contra as qualidades do futebol japonês

A Grécia enfrenta o Japão na quinta-feira, às 19h (de Brasília), na Arena das Dunas, em Natal, pelo Grupo C. No dia 24, os helênicos encaram a Costa do Marfim em Fortaleza.