Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Benaglio admite retranca suíça para enfrentar a Argentina de Messi

Porto Seguro (BA)

Notável característica do futebol suíço nos últimos anos, a defesa não tem sido o forte da equipe dos alpes na edição 2014 da Copa do Mundo. Na primeira fase, foram seis gols sofridos em três jogos, sendo cinco na goleada sofrida para a França.

Apesar disso, a seleção não irá abrir mão da retranca no duelo contra a Argentina, na próxima terça-feira, em São Paulo, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. É o que garante o experiente goleiro Diego Benaglio.

“Devemos permanecer focados e disciplinados, agindo com cautela, mas mantendo nossa densidade. O trabalho defensivo não começa nos zagueiros. O atacante será o primeiro defensor. Tenho confiança em cada jogador e na equipe”, afirmou o arqueiro.

Para Benaglio, a estratégia tem tudo para dar certo. Além disso, o goleiro afirma que os jogadores irão atuar em nome de Steve von Bergen e Mario Gavranovic, dois atletas da suíça que acabaram cortados da delegação. Von Vergen levou uma pancada na face e teve de deixar a Copa, enquanto Gavranovic teve constatada uma grave lesão no joelho e só deve voltar aos gramados em 2015.

AFP
Goleiro suíço Diego Benaglio está confiante para o duelo contra a Argentina, pelas oitavas da Copa

“Estou convencido que, neste jogo todos vão entregar tudo o que têm para a equipe. Garanto que vamos jogar para Steve von Bergen e Mario Gavranovic. Queremos fazer o melhor para representa-los nesta Copa”, garantiu.