Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Botafogo deve acertar saída de atletas esta semana

Gazeta Press Rio de Janeiro (SP)

A diretoria do Botafogo sabe da necessidade de contratar reforços de peso para melhorar as condições de trabalho do técnico Vagner Mancini, que vem solicitando de quatro a cinco contratações. Porém, como já foi avisado, para a chegada de alguns é preciso a saída de outros, o que daria fôlego na folha salarial. O objetivo esta semana é conseguir acertar justamente a liberação de alguns desses atletas para se criar receita.

Com proposta do futebol árabe, o atacante Wallyson deverá anunciar a sua saída até quinta-feira. Os valores oferecidos foram muito bons para o Botafogo, que vê a saída dele com excelentes olhos. O jogador foi contratado em janeiro, teve um bom início de Copa Libertadores, marcando gols importantes contra Deportivo Quito e San Lorenzo. Porém, depois caiu de produção com o grupo e só voltou a jogar bem nestas últimas partidas antes do recesso do Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa do Mundo.

Jogadores que não fazem parte dos planos da comissão técnica também serão negociados. O lateral direito Alex, o seu irmão gêmeo, o lateral esquerdo Anderson, o zagueiro uruguaio Mario Risso, o volante Bruno Tiago e o goleiro Luís Guilherme estão treinando em separado do grupo à espera de uma oportunidade. Alguns clubes que estão disputando a Série B do Campeonato Brasileiro fizeram sondagens sobre Bruno Tiago. Já Alex e Anderson foram procurados por clubes do Rio de Janeiro na Série C do Brasileiro, enquanto que Risso pode retornar ao Uruguai.

Divulgação
Na busca por reforços, Botafogo quer trazer Robinho

Constantemente emprestado pelo Botafogo, o lateral direito John Lenon é mais um que está de saída. O jogador interessa ao Remo, que foi campeão paraense e vai disputar a Série D do Campeonato Brasileiro. A diretoria do clube do Pará confirmou interesse no jogador e o diretor Thiago Passos viaja ao Rio de Janeiro esta semana para viabilizar o negócio.

Recentemente, o Botafogo conseguiu reduzir a sua folha salarial com a saída de alguns jogadores de nome. O contrato de Renato, que não teve seu vínculo reforçado, se transferiu para o Santos, enquanto o meia uruguaio Lodeiro foi negociado com o Corinthians. Essa transação também fará com que o Botafogo não precise pagar parte do salário do atacante Emerson Sheik. As três transações, juntas, geraram uma economia de quase R$ 1 milhão.

Com a diminuição do valor da folha salarial, a diretoria sonha com contratações de peso. O nome que mais interessa é do atacante Robinho, que está saindo do Milan. Empresários ligados ao jogador estão trabalhando para colocá-lo no Botafogo. O ex-santista conta com a admiração do presidente Maurício Assumpção e de outros membros da diretoria. O que pesa contra o Glorioso é o salário do jogador, mais alto inclusive do que Seedorf recebia em General Severiano, além da concorrência do Orlando, dos Estados Unidos. O nome de Fernandinho, que se desligou do Atlético-MG recentemente e voltou para o futebol árabe, também está sendo estudado.

O elenco do Botafogo fica de férias até o dia 16 de junho, quando se reapresenta e começa a se preparar para o segundo semestre. É possível que aconteça um período de treinos no Centro de Treinamento da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), em Saquarema, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. O Alvinegro já usou o lugar algumas vezes no passado.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade