Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Botafogo inicia conversas para renovar contratos

Gazeta Press Rio de Janeiro (SP)

A diretoria do Botafogo vai iniciar essa semana as negociações com alguns jogadores que têm contrato somente até dezembro para que eles possam renovar seus compromissos. A ideia é impedir que eles assinem pré-contrato com outros clubes, direito que teriam a partir de 1 de julho. As prioridades neste momento são o lateral direito Edilson, os laterais esquerdos Junior Cesar e Julio Cesar e o atacante Pablo Zeballos. Na visão dos dirigentes esses são atletas que hoje teriam como sofrer assédio de outras equipes.

Jogadores que estão emprestados por outros clubes só terão a situação definida mais para o fim do ano, uma vez que não adiantaria muito o Botafogo colocar esforços em situações que dependem de terceiros. Estão, nesse caso, o volante argentino Mario Bolatti, com direitos ligados ao Internacional, o volante Aírton, que está assinando contrato por seis meses e é ligado ao Benfica, de Portugal, além do atacante Emerson Sheik, do Corinthians.

"O Botafogo monitora a situação de todos os seus jogadores e estamos trabalhando para que seja feito o melhor para o clube, sem afobação", assegurou Aníbal Rouximol, gerente de futebol do Glorioso.

Outros jogadores nesta situação serão observados ao longo do restante da temporada, mesmo com o clube correndo o risco de perdê-los. Casos do goleiro Helton Leite, dos zagueiros André Bahia e Mario Risso, do volante Rodrigo Souto, dos meias Jorge Wagner e Carlos Alberto e dos atacantes Wallyson e Tanque Ferreyra. Esses dois últimos têm possibilidade de serem negociados nos próximos dias.

Também com contrato até o fim do ano, o zagueiro Bolívar não será procurado para uma renovação, já que ficou queimado com os dirigentes por ser um dos líderes do movimento de protesto dos jogadores contra os atrasos salariais. O defensor chegou a ser dispensado e teria o contrato rescindido, mas o clube recuou atendendo a um pedido dos atletas.

Os principais jogadores do elenco, na visão da diretoria, possuem contratos mais longos. Casos do goleiro Jéfferson, do lateral direito Lucas, do zagueiro Dória, dos volantes Marcelo Mattos e Gabriel, e do meia Daniel. Porém, isso não é garantia de permanência. Dória e Gabriel, por exemplo, podem ser negociados ainda nesta janela de transferências internacionais.

Dentro de campo o elenco realizou mais um treino na manhã desta segunda-feira no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (Cefan). Mais uma vez o plantel foi muito exigido no aspecto físico. Jogadores em transição entre o departamento médico e o campo ficaram fazendo reforço muscular. Casos, por exemplo, de Marcelo Mattos e Carlos Alberto. Rodrigo Souto deixou a atividade mais cedo, reclamando de dores e foi ao departamento médico. Pelo mesmo motivo Junio Cesar trabalhou em separado. Já Wallyson foi liberado pela diretoria para resolver problemas particulares.

O elenco do Botafogo volta a treinar na manhã desta terça-feira. Até o fim da semana a diretoria vai anunciar a data da viagem para Saquarema (RJ), onde o grupo passará alguns dias trabalhando no Centro de Treinamento da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). O Botafogo volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro no dia 16 de julho, quando visita o Sport na Ilha do Retiro, em Recife (PE).