Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Brasil possui o terceiro elenco mais caro da Copa; Espanha lidera

Demetrius Larocca Lima, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Com todas as convocações finais para a Copa do Mundo de 2014 anunciadas, a Espanha manteve a liderança e terá, durante a competição, o grupo de jogadores mais caro, levando em conta a estimativa de preço de mercado dos atletas do portal alemão Transfermarkt. Alemanha e Brasil completam o “pódio” dos mais valiosos do Mundial.

Se somado o preço de todos os atletas da Espanha, o valor total chega a 622 milhões de euros, equivalente a quase 2 bilhões de reais. O grande ‘segredo’ para o alto número é a valorização de todos os jogadores espanhóis – Pepe Reina e David Villa são os mais baratos entre os 23 convocados, mas custam 10 milhões de euros cada (R$ 31 milhões).

O valor estimado individual de Reina e Villa é superior à soma dos três goleiros da Seleção Brasileira. Juntos, Júlio César (2,5 milhões de euros), Victor (4 milhões de euros) e Jefferson (3 milhões de euros) chegam a 9,5 milhões de euros (R$ 29 milhões). Neymar é o mais valioso do Brasil, sendo estimado em 60 milhões de euros (R$ 186 milhões).

Apesar de não ser apontada como favorita, a França fica com o quarto lugar no ranking dos elencos mais ricos, impulsionada por atletas em alta, como Franck Ribery e Paul Pogba. A Argentina, mesmo com Messi, que sozinho é mais caro que o elenco de mais da metade das seleções da Copa, custando R$ 373 milhões, ficou apenas com a quinta posição.

AFP
Bilionária, seleção espanhola é a mais cara da Copa do Mundo, seguida por Alemanha e Brasil

Caso semelhante acontece com Portugal, que, caso tenha de cortar Cristiano Ronaldo, cai da nona para a 12ª colocação no ranking das seleções mais valiosas. A Colômbia, mesmo sem sua principal estrela, Falcao García, ficou com o 13º lugar.

A seleção mais modesta da Copa do Mundo é Honduras. Somados, os valores de todos os jogadores chegam a apenas 65 milhões de reais, um milhão a menos que o preço da Austrália.

Confira abaixo o ranking dos valores dos elencos das seleções da Copa do Mundo:

1º - Espanha - 622 milhões de euros (R$ 1,9 bilhão)
2º - Alemanha - 562 milhões de euros (R$ 1,7 bilhão)
3º - Brasil - 466 milhões de euros (R$ 1,4 bilhão)
4º - França - 411,75 milhões de euros (R$ 1,28 bilhão)
5º - Argentina - 391,5 milhões de euros (R$ 1,21 bilhão)
6º - Bélgica - 348 milhões de euros (R$ 1,08 bilhão)
7º - Inglaterra - 331 milhões de euros (R$ 1,02 bilhão)
8º - Itália - 323 milhões de euros (R$ 1 bilhão)
9º - Portugal - 297,25 milhões de euros (R$ 924 milhões)
10º - Uruguai - 217 milhões de euros (R$ 675 milhões)
11º - Holanda - 207,5 milhões de euros (R$ 645 milhões)
12º - Croácia - 193,25 milhões de euros (R$ 601 milhões)
13º - Colômbia - 190,2 milhões de euros (R$ 591 milhões)
14º - Suíça - 178 milhões de euros (R$ 553 milhões)
14º - Rússia - 178 milhões de euros (R$ 553 milhões)
16º - Chile - 139,3 milhões de euros (R$ 433 milhões)
17º - Costa do Marfim - 121,7 milhões de euros (R$ 378 milhões)
18º - Camarões - 118,45 milhões de euros (R$ 368 milhões)
19º - Bósnia-Herzegovina - 114,95 milhões de euros (R$ 357 milhões)
20º - Japão - 98 milhões de euros (R$ 304 milhões)
21º - México - 96,55 milhões de euros (R$ 300 milhões)
22º - Gana - 96,35 milhões de euros (R$ 299 milhões)
23º - Nigéria - 86,85 milhões de euros (R$ 270 milhões)
24º - Grécia - 79,9 milhões de euros (R$ 248 milhões)
25º - Equador - 62,85 milhões de euros (R$ 195 milhões)
26º - Estados Unidos - 57,8 milhões de euros (R$ 179 milhões)
27º - Argélia - 57,2 milhões de euros (R$ 177 milhões)
28º - Coreia do Sul - 51,4 milhões de euros (R$ 159 milhões)
29º - Costa Rica - 29,63 milhões de euros (R$ 92 milhões)
30º - Irã - 24,1 milhões de euros (R$ 74 milhões)
31º - Austrália - 21,35 milhões de euros (R$ 66 milhões)
32º - Honduras - 21,15 milhões de euros (R$ 65 milhões)

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade