Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Capello, da Rússia, é o mais bem pago da Copa; Felipão é o quarto

Londres (Inglaterra)

O jornal inglês Daily Mail divulgou nesta segunda-feira uma levantamento dos salários dos técnicos das seleções da Copa do Mundo de 2014. No topo da lista está o italiano Fabio Capello, que treina a seleção russa por R$ 25 milhões de reais por ano.

O técnico da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari, recebe cerca de R$ 8,8 milhões por ano e é o quarto mais bem pago da Copa. No segundo lugar está Roy Hodgson, que recebe R$ 13,1 milhões anuais da Federação Inglesa de Futebol, quase a metade dos ordenados de Capello. O “pódio” é completado por Cesare Prandelli, da Itália, com salário estimado em R$ 9,6 milhões por ano.

Atual campeão do mundo, o espanhol Vicente del Bosque ganha “apenas” 7,5 milhões, ocupando a modesta 7ª colocação no ranking, atrás do técnico da Suíça, Ottmar Hitzfeld, e Joachim Löw, da Alemanha.

AFP
Italiano Fabio Capello é o técnico com o maior salário da Copa, segundo jornal inglês

Na lanterna está o mexicano Miguel Herrera, que tem salário estimado em R$ 468 mil para dirigir o México. Os demais adversários do Brasil na Copa também recebem valores modestos: Niko Kovac, da Croácia, 30º do ranking, tem salário avaliado em aproximadamente R$ 606 mil, e Volker Finke, de Camarões, é o 27º, com R$ 879 mil anuais.

Confira abaixo a lista completa dos salários anuais dos treinadores da Copa:

1º - Fabio Capello – Rússia – R$ 25 milhões
2º - Roy Hodgson – Inglaterra – R$ 13,1 milhões
3º - Cesare Prandelli – Itália – R$ 9,6 milhões
4º - Luiz Felipe Scolari – Brasil – R$ 8,8 milhões
5º - Ottmar Hitzfeld – Suíça – R$ 25 milhões
6º - Joachim Löw – Alemanha – R$ 25 milhões
7º - Vicente del Bosque – Espanha – R$ 7,5 milhões
8º - Louis van Gaal – Holanda – R$ 6,1 milhões
9º - Alberto Zacchieroni – Japão – R$ 6 milhões
10º - Jürgen Klinsmann – Estados Unidos – R$ 5,8 milhões
11º - Didier Deschamps – França – R$ 4,82 milhões
12º - Paulo Bento – Portugal – R$ 4,81 milhões
13º - Carlos Queiroz – Irã – R$ 4,6 milhões
14º - Jorge Sampaoli – Chile – R$ 3,9 milhões
15º - Jose Pekerman – Colômbia – R$ 3,7 milhões
16º - Ange Postecoglou – Austrália – R$ 3,1 milhões
17º - Óscar Tabarez – Uruguai – R$ 2,8 milhões
18º - Sabri Lamouchi – Costa do Marfim – R$ 2,3 milhões
19º - Vahid Halihodzic – Argélia – R$ 2,2 milhões
20º - Marc Wilmots – Bélgica – R$ 1,9 milhões
21º - Fernando Santos – Grécia – R$ 1,9 milhões
22º - Alejandro Sabella – Argentina – R$ 1,8 milhões
23º - Hong Myung-Bo – Coreia do Sul – R$ 1,7 milhões
24º - Luis Fernando Suarez – Honduras – R$ 1,4 milhões
25º - Reinaldo Rueda – Equador – R$ 1,2 milhões
26º - Jorge Luis Pinto – Costa Rica – R$ 985 mil
27º - Volker Finke – Camarões – R$ 879 mil
28º - Stephen Keshi – Nigéria – R$ 875 mil
29º - Safet Susic – Bósnia – R$ 786 mil
30º - Niko Kovac – Croácia – R$ 606 mil
31º - James Kwesi Appiah – Gana – R$ 25 mil
32º - Miguel Herrera – México – R$ 468 mil

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade