Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Capello elogia Kerzhakov, mas não lhe garante a titularidade contra a Bélgica

Cuiabá (MT)

Aposta de Fabio Capello na conclusão de jogadas, o jovem camisa 9 Kokorin não levou perigo ao goleiro sul-coreano Jun Sung-Ryong na estreia da Rússia na Copa do Mundo, onde os soviéticos saíram perdendo – na falha do goleiro Akinfeev. O empate no jogo inaugural só foi conquistado com o experiente atacante Kerzhakov, que substituiu o meia Zhirkov na segunda etapa e demonstrou oportunismo, aproveitando o rebote do arqueiro adversário para marcar o gol que fechou o placar de 1 a 1.

Porém, mesmo com a boa atuação do camisa 11, Capello fez mistério e não garantiu sua participação no próximo duelo, contra a Bélgica. Assim, apenas se limitou a exaltar as qualidades do dianteiro, companheiro do brasileiro Hulk no Zenit-RUS. “Kerzhakov é um jogador fantástico e sempre dá o máximo de si. É um oportunista”, ressaltou.

Mesmo com a igualdade no marcador da Arena Pantanal, o técnico enxergou a atuação soviética com bons olhos: “Foi uma atuação positiva Os atletas marcaram bastante e foram conscientes nos lances. Além disso, a reação após o primeiro gol sul-coreano mostrou que estamos prontos. Esse é o espírito de Copa e vamos levá-lo até o final”, sintetizou.

O compromisso seguinte, diante dos belgas, está marcado para o dia 22 de junho, domingo, às 13 horas (de Brasília). O palco do confronto será o Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

AFP
Kerzhakov saiu do banco para empatar a partida, aproveitando com oportunismo o rebote de Jun Sung-Ryong