Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Capello veta "tweets" e espera a Rússia "bem informada" contra a Coreia

Cuiabá (MT)

O cuidado que o experiente técnico Fabio Capello emprega na seleção da Rússia não está restrito às quatro linhas. Além de orientar seus comandados nas atividades táticas e físicas, o italiano fez um pedido aos jogadores: não utilizarem as redes sociais.

“Seguimos um regime regrado. Todo dia, liberamos dois jogadores para darem entrevistas. Além disso, tomamos cuidado com as redes sociais. Se não forem escritos de maneira inteligente, os tweets (publicações no microblog Twitter) podem ser um problema. Por isso, prefiro pedir aos meus jogadores que não utilizem essas ferramentas”, sintetizou o técnico.

Adiante, Capello ironizou um jornalista russo que o questionou sobre o clima forte de Cuiabá, recordando uma condição climática que ocorreu em solo europeu recentemente: “Você mora aqui no Brasil por um acaso? Lá em Moscou estávamos treinando sob uma temperatura de 32 graus. Isso é excelente, pois na capital do país estava mais quente do que qualquer outro lugar. Treinar com os termômetros elevados nos faz ver que jogar em Cuiabá não vai nos trazer problema algum”, revelou.

Por fim, o comandante europeu traçou um rápido prognóstico sobre a Coreia do Sul, seu adversário na estreia da Copa do Mundo: “Todos os jogadores vão chegar bem informados para o embate. Já jogamos contra esse adversário e tivemos a sorte de conhece-los. Não é importante saber o nome de cada um, mas suas características. Nos preparamos bem e sabemos que estamos prontos”, definiu.

O duelo inaugural, diante dos asiáticos, ocorre nesta terça-feira, às 19 horas, na Arena Pantanal. Completa o Grupo H o compromisso entre Bélgica e Argélia, que terá início às 13 horas, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG.

AFP
"Todos vão chegar bem informados para o embate", disse Capello sobre o jogo contra a Coreia do Sul

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade