Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Casillas se desculpa com torcedores, mas destaca: "Fizemos o possível"

Rio de Janeiro (RJ)

Antes candidata ao título da Copa do Mundo, a Espanha decepcionou seus torcedores e foi a primeira equipe a ser eliminada. Após a goleada inaugural sofrida para a Holanda, pelo expressivo placar de 5 a 1, a Fúria acabou superada pelo Chile (2 a 0) e deu adeus ao sonho do bicampeonato. A campanha frustrante foi pretexto para um pedido de desculpas do goleiro Casillas.

“É difícil explicar o que aconteceu nos dois jogos. Fizemos o possível para não desapontar as pessoas, mas não deu. Peço desculpas por isso. Somos os responsáveis pela péssima campanha e estamos doloridos. Não há outra alternativa agora a não ser olhar para o futuro e pensar coisas diferentes, buscando melhorar a cada dia”, frisou.

Porém, quando questionado sobre uma mudança de filosofia tática – abolindo o famoso “tiki taka” – o arqueiro mostrou-se indeciso: “Não sei se é o caminho. É uma possibilidade. Porém, tratar disto no momento é errado. A hora não é apropriada para procurar culpados e inocentes. Vamos refletir sobre isso futuramente”, revelou.

Neste contexto, os comandados de Vicente Del Bosque apenas cumprirão tabela na última rodada, quando medirão forças com a também eliminada Austrália. O compromisso ocorre no dia 23 de junho, às 13 horas (de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba-PR. Já as classificadas Holanda e Chile lutam pela liderança do grupo no mesmo dia e horário, na Arena Corinthians, em São Paulo-SP.

AFP
"Fizemos o possível para não desapontar as pessoas, mas não deu", lamentou o goleiro Casillas