Futebol/Copa do Mundo - ( )

Colombianos se preparam para volta ao Mundial após 16 anos

Bogotá (Colômbia)

A Colômbia não participou das últimas quatro edições da Copa do Mundo. Após 16 anos, o retorno da Seleção ao torneio está movimentando a rotina do país. Troca de figurinhas do álbum da Copa e reforma de praças para instalação de telões são apenas alguns dos sinais da expectativa da torcida colombiana.

Só em Bogotá, o governo investiu cerca de US$ 4 milhões na compra de 12 telões de alta definição para transmitir os jogos. Depois do Brasil, os colombianos são os torcedores latino-americanos que mais compraram ingressos para as partidas. Pacotes de viagem para a Copa no Brasil estão esgotados desde abril. 

A prefeitura da capital prevê um público de 30 mil pessoas acompanhando as transmissões em cinco pontos da cidade. Para os jogos da Colômbia, esse número chega a 50 mil. Entre as partidas, haverá a exibição de filmes brasileiros, além de atividades musicais e teatrais.

Os confrontos também serão exibidos em shoppings, restaurantes, bares e outros centros comerciais, que segundo estimativa da Federação Nacional de Comerciantes da Colômbia, deve aumentar a movimentação em 45%. Além disso, quiosques espalhados pelas ruas vendem artigos como bolas, figurinhas, revistas, perucas, buzinas e camisetas das seleções do Mundial.

A Colômbia está no Grupo C e estreia contra a Grécia no dia 14 de junho, em Belo Horizonte. Na sequência enfrenta a Costa do Marfim no dia 19, em Brasília, e no dia 24 duela com o Japão, em Cuiabá.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade