Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( )

Com Mano até o fim, Timão tenta mudar desfecho de último ano de Copa

São Paulo (SP)

Em 2010, o Campeonato Brasileiro também teve que ser paralisado por causa da realização da Copa do Mundo, na África do Sul. Na ocasião, o Corinthians teve um ótimo início, com cinco vitórias e dois empates nos sete primeiros jogos, chegando à folga do meio do ano na liderança, com 81% de aproveitamento. Na retomada da Série A, no entanto, o desempenho não foi semelhante: o Timão perdeu posições na tabela e amargou apenas a classificação para a pré-Libertadores.

Antes da parada para a Copa, o Corinthians ainda tinha o mesmo treinador de hoje. Mano Menezes comandava a equipe alvinegra até o primeiro semestre de 2010, mas após a eliminação da Seleção Brasileira nas quartas de final da competição na África do Sul, foi chamado para o cargo que era ocupado pelo contestado Dunga. A saída do treinador foi um dos fatores que prejudicou o desempenho do Timão.

A diretoria alvinegra escolheu Adilson Batista para ocupar o lugar de Mano Menezes, mas o treinador, que antes havia se destacado com um trabalho no Cruzeiro, deu margem para que o discurso de seus críticos ganhasse força. Em outubro, após uma série negativa de resultados, não se manteve no cargo. A opção então foi Tite, que iniciava o trabalho mais vitorioso de um comandante na história do clube.

Fernando Dantas/Gazeta Press
A torcida corintiana espera que a permanência de Mano  evite uma queda de rendimento no segundo semestre
O campeão continental e mundial em 2012, porém, não conseguiu levar o Corinthians ao título do Campeonato Brasileiro em 2010. Apesar de uma boa recuperação, Tite viu sua equipe fracassar nas rodadas finais, permitindo com que o Fluminense terminasse na primeira colocação. O Timão ainda foi ultrapassado pelo Cruzeiro, amargando o terceiro lugar e uma vaga apenas na pré-Libertadores, na qual foi eliminado pelo surpreendente Tolima, da Colômbia.

Agora, diante de mais uma parada para a Copa do Mundo, o Corinthians volta a fazer boa campanha no Brasileiro. O time de Mano Menezes não é o líder, mas ocupa a terceira colocação e está apenas a três pontos da ponta. A aposta para evitar a queda de rendimento de 2010 é a permanência do atual treinador. Sem proposta para treinar a Seleção desta vez, o comandante foi garantido pelo presidente Mario Gobbi até pelo menos o final do ano, quando acaba o seu contrato.

Mano Menezes retornou ao Corinthians no início deste ano e não começou bem. O treinador foi eliminado no Campeonato Paulista ainda na primeira fase, não ganhou nenhum clássico na temporada, chegou a balançar no cargo, mas, após a garantia de Gobbi, conseguiu se recuperar e viu seu time crescer de produção nas rodadas que antecederam à parada. Após a derrota para o Figueirense, na inauguração da sonhada Arena, está há quatro jogos sem perder.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade