Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Com Nobre no banco, Henrique e F. Menezes se destacam em jogo-treino

William Correia Atibaia (SP)

O presidente Paulo Nobre fez questão de vir a Atibaia para acompanhar nesta quarta-feira o primeiro jogo-treino do Palmeiras sob o comando de Ricardo Gareca. Do banco, viu os titulares atuarem por cerca de uma hora e vencerem o Grêmio Barueri, da segunda divisão paulista, por 6 a 0.

Quem aproveitou a oportunidade e agradou ao dirigente, que estava no banco de reservas, foram Felipe Menezes e Henrique. O meia marcou três gols e participou de outros dois, enquanto o centroavante balançou as redes duas vezes. Diogo completou o placar.

Ricardo Gareca não orientou o time durante a atividade, aproveitando para passar instruções somente antes do jogo-treino e no intervalo. Usou apenas reservas, entre eles o atacante Leandro, na primeira hora do exercício, deixando que os titulares jogassem futevôlei e atividades técnicas em campo reduzido. Neste período, a vitória palmeirense foi por 2 a 1 – Miguel e Rodolfo, enquanto Bruno foi o único goleiro do Verdão a ser vazado, já que Deola e Fábio protegeram melhor suas redes.

Para a segunda hora do jogo-treino, o argentino escalou Fábio; Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira e Juninho; Renato, Wesley, Bruno César e Felipe Menezes; Diogo e Henrique. A ordem era marcar a saída de bola adversária e que Diogo, Bruno César e Felipe Menezes se mexessem para abrir espaços.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Presidente esteve na concentração do time em Atibaia para ver primeiro jogo-treino com Gareca
Nesta dinâmica, Juninho aparecia sempre na frente, enquanto Wendel pouco subiu do outro lado. A estratégia deu certo quando o lateral esquerdo avançou e tocou para Bruno César, que encontrou Felipe Menezes para abrir o placar. Vindo de trás, Felipe Menezes ainda fez mais um.

Antes de um intervalo, o camisa 18 ainda deu assistência para Henrique fazer o gol mais bonito da atividade, girando para tocar por cobertura sobre o goleiro. Enquanto o cansaço não atrapalhou, o time continuou em cima e Henrique enfrentou a zaga adversária para fazer mais um. Depois, Diogo aproveitou jogada de Felipe Menezes para chutar nas redes e o próprio meia completou cruzamento rasteiro para fechar a goleada.

Em meio à correria que impunha, o Verdão encontrou um rival que encarou o jogo-treino como decisão. O Barueri tinha jogadores discutindo entre si mesmo quando enfrentava os reservas do Verdão. Tanta vontade culminou em jogadas ríspidas e Felipe Menezes se envolveu em discussão, chegando a colocar o dedo na cara do árbitro enquanto era acusado de dar um soco em um atleta adversário.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Jogadores treinaram até anoitecer em Atibaia: titulares fizeram exercício técnico e jogo-treino de uma hora
Após a confusão, o Barueri ainda quase gerou outro entrevero quando questionaram uma queda de Bruno César. O meia começou a discutir quando Lúcio o conteve e o Palmeiras passou a tocar a bola, esperando o fim de uma cansativa atividade. Gareca, acompanhando tudo ao lado do auxiliar Sergio Santín e o do preparador físico Néstor Bonillo, pouco se mexia.

No numeroso elenco que o técnico conta na concentração, a mais recente novidade foi William Matheus, lateral esquerdo que chegou a Atibaia na noite de terça-feira após ser liberado para resolver problemas pessoais. Ele treinou entre os reservas, mas pode retomar a posição como titular, como ocorreu durante o comando interino de Alberto Valentim.