Futebol/Copa 2014 - ( )

Com vitória e 0 a 0, Seleção repete campanhas vitoriosas de 58 e 62

Yan Resende, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Após uma empolgante virada sobre a Croácia na estreia da Copa do Mundo, o time de Luiz Felipe Scolari não conseguiu repetir o bom desempenho do primeiro jogo nesta terça-feira, quando empatou sem gols com o México, na Arena Castelão. O tropeço, no entanto, pode ser visto como um fator positivo do ponto de vista histórico, já que a Seleção Brasileira também começou com uma vitória na primeira rodada e um 0 a 0 no jogo seguinte em seus dois primeiros títulos: 58 e 62.

Em sua primeira campanha vitoriosa, no frio da Suécia, o Brasil mostrou que a derrota para o Uruguai em 50 e a precoce eliminação contra a Hungria em 54 tinham ficado para trás. Na estreia, o time comandado por Vicente Feola, treinador contestado na época, venceu a Áustria, por 3 a 0, com dois gols de Mazzola e um de Nilton Santos. A empolgação, porém, foi freada no compromisso seguinte, no qual o adversário seria a Inglaterra.

Os ‘inventores’ do futebol ainda não haviam conseguido fazer uma boa campanha nas edições anteriores. Pelo contrário, em 1950, ano de sua primeira participação, a Inglaterra amargou uma das maiores zebras da história: a derrota, por 1 a 0, para os Estados Unidos, equipe com pouca tradição no futebol. Depois de empatarem com a União Soviética na primeira rodada de 58, tinham a chance de garantir a classificação antecipada contra o Brasil.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
O empate com o México, na última terça, pode representar a repetição das campanhas dos títulos de 58 e 62
No lotado estádio Ullevi, em Gotemburgo, os ingleses mostraram estar cientes da qualidade do time brasileiro, e por isso se limitaram na maior parte do tempo a evitar com que Mazzola, Vavá e Zagallo conseguissem balançar as redes. Desta forma, nenhuma das equipes conseguiu movimentar o marcador, mas o resultado não abateu a equipe de Vicente Feola. Melhor em campo, a Seleção usou as dificuldades do confronto para se fortalecer no restante da competição.

Na partida seguinte, precisando vencer de qualquer maneira para evitar mais uma desclassificação, a equipe brasileira apareceu com mudanças para encarar a União Soviética. Antes no banco de reservas, Pelé e Garrincha foram acionados por Feola, sendo fundamentais para a vitória por 2 a 0, com gols de Vavá. Com mais tranquilidade desde então, a Seleção arrancou em busca do primeiro título mundial, conseguindo espantar de vez os fantasmas que envolviam a Copa para o país.

Acervo/Gazeta Press
Amarildo teve a missão de substituir Pelé após o empate sem gols e foi fundamental para o título de 1962
Quatro anos mais tarde, a história foi semelhante. No Chile, sem a mesma pressão da Copa anterior, o Brasil passou pelo México na primeira rodada, vencendo por 2 a 0, com gols de Zagallo e Pelé. No segundo jogo, porém, o “acadêmico e difícil” time da Tchecoslováquia, como definiu o jornal A Gazeta antes de rolar a bola, confirmou os prognósticos, suportou a pressão dos comandados por Aymoré Moreira, e também segurou o empate em 0 a 0.

O resultado poderia acabar com a empolgação verde e amarela pela conquista do bi, mas foi bem assimilado pelos jogadores, que ainda tiveram que encarar a baixa do craque da equipe. No empate com a Tchecoslováquia, Pelé saiu contundido de campo e não conseguiu voltar mais. Sendo assim, Amarildo teve a missão de substituir aquele que se tornaria o “Rei do Futebol”. A valentia para evitar a derrota no segundo jogo serviu de estímulo para o grupo, que encantou o Chile e confirmou o país como uma das principais potências do futebol.

A missão de Luiz Felipe Scolari em 2014, portanto, é fazer com que o empate sem gols com o México também possa ser visto de forma positiva pelos seus jogadores. Melhor em campo, a Seleção Brasileira só não saiu com a vitória por causa da boa atuação do goleiro Ochoa, mas o desempenho ao longo dos 90 minutos não rendeu o mesmo elogio das edições anteriores. A esperança é que a arrancada para o título também se repita no restante desta Copa do Mundo.