Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

De van, argentinos levam 30h para chegar sem ingressos ao Rio

Tossiro Neto Rio de Janeiro (RJ)

Mesmo sem ingressos para a Copa do Mundo, seis amigos argentinos pegaram a estrada rumo ao Brasil, na esperança de assistir às partidas de sua seleção. A primeira delas, diante da Bósnia, neste domingo, no Maracanã, onde estacionaram a pequena van que enfeitaram com bandeiras e transformaram em casa.

O único motorista ao longo de todo o trajeto foi Diego Aquino, proprietário do veículo. "Vim dirigindo sozinho durante 30 horas", gabou-se o cozinheiro, de 30 anos, que mora em Buenos Aires e é torcedor do Boca Juniors. Ao chegar ao Rio de Janeiro, na quarta-feira, o grupo passou a procurar entradas para a estreia da Argentina, mas sem sucesso.

"Queremos assistir aos jogos e vamos ficar no Brasil até quando a seleção estiver jogando. Mas está difícil achar tickets", lamentou o torcedor, que, na primeira fase, promete seguir ainda para Belo Horizonte (local do duelo com o Irã, no sábado) e Porto Alegre (onde a equipe terá pela frente a Nigéria, no dia 25), sem considerar eventuais partidas das fases finais.

A ideia do grupo, obviamente, é estar na arquibancada em todos os jogos da Argentina. Ainda assim, os argentinos não mostram arrependimento diante da tarefa que parece quase impossível. Mesmo se não entrarem no estádio, a festa com batuques e cervejas está garantida ao menos do lado de fora, como demonstram neste domingo em frente ao Maracanã.

"Temos tudo aqui dentro. Colchão, comida, banheiro", exagerou Diego, apontando para um compartimento dentro da van em que armazenam alimentos para "mais cinco ou seis", segundo ele. "Mas vamos comprar mais nos próximos dias", avisou, crente em uma estreia vitoriosa logo mais. "Vamos vencer por 2 a 0", palpitou, a duas horas de os portões serem abertos.

Bicampeã mundial, em 1978 e 1986, a Argentina estreia às 19 horas (de Brasília). A Bósnia-Herzegovina, seu primeiro adversário no grupo F, disputa o torneio pela primeira vez.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade