Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Del Bosque confirma time misto da Espanha diante da Austrália

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

A Espanha não terá força máxima para a despedida da Copa do Mundo 2014, nesta segunda-feira, diante da Austrália, na Arena da Baixada. Sem a necessidade de fazer o resultado positivo, já que está eliminada, a equipe entrará em campo remendada. Isso porque o técnico Vicente del Bosque quer dar a chance para todo participar.

“É um jogo de Copa do Mundo é um jogo importante e é isso que direi aos meus jogadores. Claro que tentarei fazer com que todos os jogadores posam jogar uma vez”. “É difícil tomar certas decisões, Mas faz parte de nossa responsabilidade. O Xavi provavelmente não vai jogar. Pepe Reina provavelmente jogará. Iniesta fará seu jogo de número 100”, adiantou.

Xavi, desgastado pelo final de temporada, será poupado, mas recebeu elogios do comandante, que o defendeu de críticas. “Acho que um jogo a mais ou a menos não terá impacto sobre sua carreira. No último jogo ele correu mais do que todos da Holanda e da Espanha. Mas, depois de uma derrota, temos que perguntar se a responsabilidade é só dos veteranos. Tinham muito jovens também. Perdemos todos juntos. Não somente os veteranos”, afirmou.

Titular na primeira partida diante da Holanda e banco contra o Chile, o zagueiro Piqué não joga mais nesta Copa do Mundo. O defensor sentiu dores musculares no treino de sábado, não participou da atividade a portas fechadas do domingo e está vetado pelo departamento médico para ser reavaliado. Ele se junta ao goleiro De Gea. Casillias, um dos crucificados pela má campanha, será resguardado.

AFP
Com a eliminação da Espanha, Del Bosque irá escalar um time misto para o duelo contra a Austrália

De olho no adversário, que deu trabalho apesar de igualmente derrotado em dois jogos, Del Bosque está preocupado com o poder ofensivo do rival, que nesta edição da competição finalmente desencantou. “Nós temos as informações sobre a Austrália, confirmaram nossas expectativas. Tiveram um desempenho fantástico, com muita energia, jogadores fortes, muito ofensivos e organizados, com uma boa tática”, finalizou.

A possível formação da Fúria para sua despedida deve ter Reina; Juanfran, Sergio Ramos, Albiol e Alba; Xabi Alonso, Koke, Cazorla (Mata) e Iniesta; Fábregas e Villa.