Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Del Bosque dá entrevista surpresa e sinaliza com mudanças

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Fugindo da programação enviada diariamente à Fifa, atendendo à forte pressão da imprensa espanhola que acompanha a Fúria em Curitiba, o técnico Vicente del Bosque apareceu no início da tarde deste sábado para conceder entrevista coletiva no CT do Caju. O tema principal, é claro, a derrota por 5 a 1 para a Holanda na estreia da Copa do Mundo e as alternativas para reagir diante do Chile.

“Não tinha obrigação de vir à sala de imprensa, estamos em uma situação de normalidade. Não creio que tenho alguma notícia, mas posso matar a curiosidade de alguns. Estamos vindo de uma derrota dura, mas vamos transformar isso. É apenas uma derrota parcial”, disse o treinador, que brincou ao ser questionado se reviu o jogo. “Vi, mas acabei dormindo e a TV ficou ligada a noite toda”, emendou.

Pressionado a fazer alterações na equipe, o comandante da Fúria sinalizou que elas devem acontecer, mas serão conhecidas apenas antes da partida, já que precisa avaliar bem a situação. “As mudanças são do jogo. O grupo está bem entrosado. Mas, não posso me precipitar, tomar decisões antes do tempo. E, se tiver alguma mudança, não falarei para ninguém, é uma competição curta”, avaliou.

As críticas, por sinal, não abalam Del Bosque, que não fará nenhuma blindagem ao grupo. “Vamos ficar em contato com a realidade. É esperada uma crítica forte. Estamos aqui, sabemos o que acontece pela imprensa, sabemos o que está acontecendo na Espanha”, contou o técnico, que por esses canais viu Casillas ser crucificado. Nada que tenha abalado a confiança em seu capitão. “No vestiário o encontrei conversando com o grupo, assumindo sua parcela de culpa, mas mostrando sua liderança, projetando coisas positivas para a sequência”, acrescentou.

Aparentemente tranquilo e bem-humorado, o treinador garante que faz parte do processo de aceitar o resultado e dar o passo adiante para manter o foco na classificação. “É normal assumir a vitória e tem que assumir a derrota com naturalidade. Temos que digerir e encarar, Somos esportistas. Não fizemos nada grave. Temos que levantar a cabeça e buscar na próxima partida melhor sorte”, finalizou.

AFP
Após goleada, Del Bosque deve mudar a equipe espanhola que irá enfrentar o Chile (Foto:David Ramos)

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade