Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Del Bosque prefere desconversar sobre futuro na seleção da Espanha

Curitiba (PR)

Após a despedida da Espanha da Copa do Mundo, o técnico Vicente Del Bosque preferiu desconversar quando questionado sobre seu futuro no comando da Fúria. A eliminação precoce dos espanhóis antes do término da fase de grupos colocou em risco o cargo do treinador.

“Há tempo suficiente nos próximos dias, nas próximas semanas, não temos pressa”, afirmou o técnico na saída de campo após a vitória da Espanha por 3 a 0 sobre a também eliminada Austrália.

Sobre o duelo contra os aussies, o técnico Vicente Del Bosque ficou satisfeito com a atuação da Fúria, mas lamentou que a equipe não tivesse jogado desta maneira desde o início da Copa do Mundo. O comandante espanhol também destacou o trabalho feito pelas seleções de Holanda e Chile, que ficaram em primeiro e segundo lugar, respectivamente, no grupo B.

AFP
Após a eliminação da Espanha na Copa do Mundo, o técnico Vicente Del Bosque tem o cargo ameaçado
“Encerramos nossa participação de maneira digna. Eu acho que os jogadores se empenharam. Nos primeiros minutos, a Austrália pressionou um pouco, mas depois conseguimos assumir o controle do jogo e fomos superiores. Uma pena que o momento de jogar bem tenha chegado apenas hoje. Pensar que ficamos um pouco por baixo não foi legal. Mas o mérito é de Holanda e Chile que jogaram bem, nós falhamos”, finalizou.

Na fase de grupos, a Espanha terminou com três pontos e na terceira colocação do Grupo B. A Holanda, que venceu o Chile, ficou no primeiro lugar à frente do Chile, que somou seis pontos. Enquanto isso, a Austrália, com nenhum ponto ficou com a última posição.