Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Deschamps minimiza problema técnico no momento da execução dos hinos

Ribeirão Preto (SP)

Após a vitória sobre a seleção de Honduras por 3 a 0, o técnico da França minimizou o problema técnico que ocorreu bem no momento de execução dos hinos nacionais de ambas seleções. Segundo Didier Deschamps, a falha não atrapalhou nenhum de seus jogadores no confronto de estreia da Copa do Mundo.

“Os jogadores cantaram, foi ótimo. Os franceses, aproximadamente 2,5 mil que estiveram presentes no estádio, cantaram também. Nós escutamos. Foi espetacular. Não tivemos problemas para iniciar a partida. O fato de não ter o hino não influenciou o nosso início de jogo”, afirmou o comandante francês em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

Ainda na tarde desta segunda, a seleção da França treina às 16 horas (de Brasília), no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, interior do estado de São Paulo. Depois de jogar contra Honduras em Porto Alegre no domingo, os franceses viajaram no mesmo dia para a cidade interiorana.

AFP
Deschamps afirmou que os torcedores e jogadores cantaram o hino mesmo sem ter ocorrido a execução
A França só volta a campo na próxima sexta-feira, dia 20 de junho. O duelo, marcado na Arena Fonte Nova, em Salvador, às 16 horas (de Brasília), será diante da cabeça de chave Suíça, que venceu o Equador por 2 a 1 na estreia na competição.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade