Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Di María defende Argentina de críticas: "Não jogamos mal"

Belo Horizonte (MG)

O meio-campista Ángel Di María não gostou das críticas que a Argentina sofreu após uma vitória magra diante da seleção do Irã. Para ele, a equipe de Alejandro Sabella não jogou mal e apenas teve que lutar para passar pelo fechado esquema tático iraniano. “Com os 11 deles dentro da área é impossível fazer gol”, disse.

“Não sei porque dizem que estamos jogando mal. Não é verdade. É claro que temos que buscar espaço pelos lados do campo, mas, às vezes, não tem como. O importante é vencer”, disse o camisa 7 após a partida em Belo Horizonte, local onde os argentinos estão concentrados e fizeram o seu segundo jogo na Copa do Mundo.

Di María deixou claro sua irritação com o estilo de jogo do Irã, tipo de adversário que acredita que não irá encontrar a partir das oitavas de final da competição. “A partir do momento que passamos, vamos começar a encontrar seleções que gostem de jogar e ir para cima”.

“As coisas estão saindo estão se saindo muito bem. Seja como for, o importante aqui é ganhar. Temos a qualidade dos jogadores para vencer os jogos”, disse o jogador que agora mira a liderança do Grupo F. o elenco está a um empate de conseguir.

A Argentina volta a campo na próxima quarta-feira, às 13 horas (de Brasília), para encarar a Nigéria, no Beira-Rio. Di María acredita que mais um resultado positivo virá e dá a receita. “Messi faz de tudo dentro de campo. Fico muito feliz de tê-lo conosco. Muito poucos conseguem ser assim. A todos que o criticavam, ele está mostrando como está bem”, finalizou.

AFP
Ángel Di María acredita que dificuldade da Argentina em marcar gols é em função dos adversários, que tem jogado de maneira muito fechada