Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Eliminado, capitão Gerrard cogita aposentadoria da seleção inglesa

Rio de Janeiro (RJ)

Depois de especulações que tomaram conta da imprensa inglesa nos últimos dias, o volante Steven Gerrard participou de uma entrevista coletiva da Inglaterra neste domingo para desmentir que tenha se aposentado da seleção inglesa. O capitão, no entanto, admite estar refletindo sobre essa possibilidade.

“Não é verdade que eu irei anunciar minha aposentadoria dentro de uma semana. Pedi ao técnico (Roy Hodgson) algum tempo ao longo deste verão (no hemisfério norte) para pensar sobre o meu futuro. Mas certamente não irei apressar essa decisão”, afirmou.

Aos 34 anos, Gerrard pode se despedir da Inglaterra no duelo contra a Costa Rica, na terça-feira, às 13h (de Brasília), no Mineirão, caso opte posteriormente pela aposentadoria. O duelo já não tem valor para os ingleses, que acabaram eliminados após derrotas para a Itália e para o Uruguai. Surpresa do “grupo da morte”, a Costa Rica já está classificada, mas ainda busca garantir o primeiro lugar do grupo.

“Ainda me sinto muito mal por termos deixado a Copa passar. Então, eu preciso ir para casa e esvaziar a cabeça antes de tomar uma decisão como esta”, explicou o capitão.

AFP
Gerrard ainda não decidiu se continuará servindo a seleção inglesa após a Copa no Brasil

Gerrard defende a seleção inglesa desde 2000, acumulando 113 jogos e 21 gols pela equipe. Aos 20 anos, foi convocado para a Euro do mesmo ano, jogando apenas uma vez. Participou da campanha que classificou a equipe para a Copa de 2002, mas perdeu o Mundial por lesão. Disputou as Copas de 2006, 2010 e 2014, além das Euros de 2004 e 2012.