Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Em estádio “mítico”, Benzema admite ineficiência nas finalizações

Rio de Janeiro (RJ)

Em busca da artilharia da Copa do Mundo, Benzema jogou os 90 minutos do duelo contra o Equador nesta quarta-feira, mas passou em branco no Maracanã. Mesmo com maior posse de bola, a França não conseguiu furar o bloqueio do time sul-americano e amargou o empate em 0 a 0. Para o atacante da equipe comandada por Deschamps, faltou capricho nas finalizações.

“O resultado foi positivo, pois foi um jogo duro e mostramos qualidade. Tivemos um bom goleiro pela frente, criamos muito, mas faltou eficiência”, avaliou o atacante da equipe francesa, que teve as chances de marcar, mas parou no goleiro Domínguez ou na bem postada zaga equatoriana.

Benzema, no entanto, além de valorizar o desempenho de seus companheiros em campo, também falou sobre o estádio em que atuou nesta quarta. “É um sonho jogar no Maracanã, é um estádio mítico”, destacou o atacante, que pode voltar a atuar no Rio de Janeiro em uma possível decisão de Copa do Mundo.

Agora, a equipe de Deschamps já começa a projetar as oitavas de final da competição. Garantida na primeira colocação do Grupo E, a seleção francesa terá a Nigéria pela frente. O confronto contra os africanos será na próxima segunda-feira, 13 horas (de Brasília), no Estádio Mané Garrincha.

“Espero que, no próximo jogo, o cenário seja diferente. Vamos enfrentar a Nigéria com muita determinação”, disse Benzema, que espera contar novamente com o apoio de sua torcida. Nesta quarta, por exemplo, os franceses compareceram em peso ao Maracanã para ver a seleção do país em mais um jogo da Copa do Mundo.

Fernando Dantas/Gazeta Press
O atacante Benzema foi um dos atacantes franceses que pararam no goleiro Domínguez nesta quarta