Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Em festa para seleção da Costa Rica, jogadores não comem e álcool é vetado

Do correspondente Tiago Salazar Santos (SP)

Sensação da Copa do Mundo, a Costa Rica não perde o foco para continuar fazendo história após garantir classificação na próxima fase do Mundial ao vencer Uruguai e Itália.

Na noite deste sábado, a prefeitura de Santos organizou uma festa para toda a delegação costarriquenha em um clube da cidade.

Alguns atletas compareceram acompanhados de suas esposas, mas a presença dos Ticos durou apenas uma hora. Às 22 horas todos se retiraram para retornar ao hotel, de olho no treino da manhã deste domingo.

Enquanto puderam aproveitar, os atletas foram cobiçados pelos convidados, aplaudidos, posaram para fotos, mas não comeram e nem beberam nada alcoólico. Ordem do presidente da Federação Eduardo Li Sanchez.

"Sim (houve orientação para que não bebessem), foi uma festa sem álcool. Eles também nem comeram", confirmou Li, lembrando que os jogadores jantaram no hotel antes de rumarem à festa.

Muito à vontade, Li falou sobre o momento do time e sobre a estadia em Santos, tão elogiada pelos costarriquenhos.

Gazeta Press
Na festa para a seleção da Costa Rica, alguns jogadores trouxeram suas mulheres (Foto: Tiago Salazar)
“Bom, para quem está no grupo há confiança, surpreende ao mundo”, disse, antes externar o desejo de permanecer fazendo a preparação para os jogos em Santos. “A Fifa que programa isto, podemos ser trocada posteriormente. Isso é para todas as equipes, mas estamos muito bem, esperamos ficar em Santos, seguir aqui”.

Ao fim da festa, já sem a presença dos jogadores e da comissão técnica, o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, e Eduardo Li Sanchez discursaram à frente dos cerca de 300 convidados e, em seguida, duas passistas alegraram a festa com muito samba.